sábado, 13 de julho de 2013

INTRATERRENO RAMATA (1/3) - 28.07.2009 - AUTRESDIMENSIONS

INTRATERRENO RAMATA (1/3) - 28.07.2009 - AUTRESDIMENSIONS


 

Saudações a vocês, povo da superfície.

Meu nome é RAMATAN.
Eu sou o Governador de uma região da Intraterra pertencente às linhagens Delfinoides, situando-me em um território sob a Venezuela.

Como Governador da Intraterra pertencente à linhagem Delfinoide, eu os lembro, para aqueles que não tiverem ouvido a nossa história, que somos um povo que acedeu à quinta dimensão em tempos muito remotos, remontando de mais de 320.000 anos.

Somos os guardiões das grades magnéticas da consciência humana e da consciência planetária.

Permitimos à vida se manter nesta terceira dimensão dissociada que vocês pisam, vocês, povo da superfície.

Como já sabem, ou talvez como sentem isso no seu ser interior, vocês já chegaram a um momento crucial da sua história.
Esse momento crucial pode ser assimilado ao que chamamos, nós, povo da Intraterra, decomutação [permuta, troca, substituição].

comutação consiste em orientá-los, segundo as suas escolhas e segundo as suas possibilidades vibratórias, tendo sido definidas, desejadas e atualizadas pelo seu caminho em suas múltiplas encarnações.

Todos vocês são, sem exceção, assim como disse o Grande Comandante da Ordem dos Melquisedeques, Sementes de estrelas.
Entretanto, a comutação tem por objetivo permitir-lhes continuar as suas escolhas, as suas experiências de encarnação, de Luz ou de Sombra, segundo as suas escolhas.

Eu confirmo que nenhum caminho é superior a outro, que nenhuma comutação érecompensa enquanto outra sendo punição.
Apenas há retribuição, ressonância e atração, somente em função das suas escolhas e das suas experiências.

A hora é para a comutação.
Assim, portanto, o ‘princípio de atração e de ressonância’ está em operação, desde pouco tempo, sobre a sua Terra.

Nós nos preparamos ativamente, povo da Intraterra, para esses momentos.
Nós acolhemos, na nossa dimensão, muitos irmãos pertencentes a outras linhagens que as nossas.
Nós acolhemos, assim, os Anjos do Senhor, os Vegalianos.
Nós acolhemos os povos da Ursa Maior, os povos que não têm acesso às dimensões superiores dos Anjos.

Hoje, todos juntos, reunidos na injunção Micaélica, daquele que vocês nomeiam Cristo Miguel, nós desvendamos e reativamos os discos de obsidiana (*).

Enfim, nós descolamos os planos e separamos os planos, a fim de que cada um e cada uma possam seguir o seu caminho em total independência e em total liberdade.

Assim, e doravante, cada ser humano, onde quer que esteja sobre a superfície deste planeta, se vê atribuir um Guardião.
Esse Guardião é aquele que está encarregado, pessoal e individualmente, de acompanhá-los e de guiá-los em função da comutação que vocês escolheram.

De fato, existe uma quádrupla escolha nos próximos momentos.

***



Muitos Arcanjos intervieram nesses últimos tempos, por esse canal no qual estou ou por outros canais, é claro, a fim de encorajá-los a efetuar a escolha necessária à comutação e à orientação.

Eu repito, ainda uma vez, que nenhuma escolha é superior a outra, porque todas as escolhas irão conduzir, em última análise, à reintegração da Fonte e da Luz, mas os caminhos para ali chegar são múltiplos e inumeráveis.

Assim como disse o seu maior neófito, Cristo: “Há muitas moradas na casa do Pai”, ressoa nisso a frase que ele também pronunciou: “que lhe seja feito segundo a sua fé”.

No que você acreditar, no que você aderir, irá entrar, em breve, em manifestação.
Pelo ‘princípio de ressonância e de atração’, pelo ‘princípio de dissociação e de liberação dos planos’, vocês estiveram, durante muito tempo, no nível dos povos da superfície, isolados, de algum modo (a palavra “quarentena” pode ser aplicada), das outras forças evolutivas do planeta, porque alguns de vocês, algumas almas, algumas Sementes, decidiram encarnar-se nesta dimensão dissociada para ali realizar uma série de experiências.

O resultado observado no seu mundo da superfície é a ilustração.
De um lado, a mínima maioria, daqueles que Cristo chamou de “tépidos”, aqueles que não sabem aonde ir, que apenas seguem a massa.
Do outro lado, uma parcela ínfima portando diversos nomes, mas oposta, por princípio e por convicção, à emergência da Luz Una, desejando, a todo custo, manter o isolamento, desejando manter, a todo custo, o poder, a escravidão.
E, enfim, outra parte, muito minoritária, de seres que desejam colocar fim à experiência dos planos dissociados.
A quarta parte, em número limitado, aí também, corresponde aos seres que desejam continuar a experiência da matéria desta densidade, mas não mais de maneira isolada, mas reintegrada na Família Galáctica.

***



Como sabem, pertencemos à quinta dimensão, mas conservamos um corpo de terceira dimensão.
Nós somos as Sentinelas, nós somos aqueles que sacrificaram, sem, no entanto perdê-la, a Divindade, a fim de poder zelar por vocês, que são a nossa Criação.
Nós guardamos o corpo, mas nós passamos, como vocês, no ar, e não vivemos mais na água.

Outros guardiões permaneceram ainda mais perto de vocês.
Eles representam o povo dos mamíferos marinhos.

Nós vimos de Sirius, a Fonte da sua vida.
Nós realizamos a nossa missão.

Alguns de vocês, agora, irão nos substituir na Intraterra, mantendo assim um corpo de terceira dimensão, mas ligado à Fonte, à sua Fonte.
Outras sementes de estrelas irão partir realmente para as estrelas, a fim de retornarem, no seu veículo Merkabah, ascensional, à sua Fonte primordial.

Os momentos que vocês irão viver, assim como definiu o Arcanjo Miguel, Cristo Miguel, são momentos de grande Graça.

Todo momento de reversão e de revelação é um momento de Graça.
Vocês aí estão.
Solenemente e em Verdade.

Assim como disse Cristo: “Em Verdade, eu lhes digo, a hora chegou”.

Cada um de vocês, pelo ‘princípio de ressonância e de atração’, irá atrair para si, nos seus veículos, físico e sutil, mas também, no seu veículo de Eternidade, a presença de um Anjo (de Luz ou rebelde), em função das escolhas que vocês fizeram.

Bem amado povo da superfície, não há julgamento, não há Sombra, não há Luz, há apenas a Luz.

Mas, entretanto, alguns desejaram fazer viver a Sombra.
Essa é a escolha deles, a mais respeitável, porque essas almas, Sementes de estrelas, irão retornar um dia à Unidade e à Fonte, com uma Luz ainda mais brilhante do que a sua.

Isso é um mistério, mas é a Verdade e em Verdade, eu lhes digo, não julguem, porque vocês não têm capacidade para julgar.

O único julgamento aplicável é o seu com relação a você mesmo, pelo ‘princípio de ressonância e de atração’.

Somente Cristo Miguel pode julgar, e ele virá, e ele está vindo, assim como anunciou, julgar com o coração e com a Luz.

***



Vocês chegaram, não no tempo do Anúncio, mas no tempo da Advertência.
Como foi anunciado em todas as profecias presentes na superfície da Terra, desde tempos muito antigos, inscritos e gravados nas tábuas da Lei, não aquelas que foram falsificadas pelos padres de Aaron, mas, sim, as escritas por Hermes-Thot, sobre a ‘pedra sagrada’, que não é de esmeralda, mas que é, entretanto, uma pedra verde.

Hoje, e agora, em seu tempo e em seu calendário, chega a vocês a ‘hora das redescobertas’.
A hora das redescobertas com o que vocês semearam, a hora das redescobertas com o que vocês cresceram, a hora das redescobertas com a Verdade.

Vocês são seres de Eternidade, todos vocês, sem exceção.
Como poderia ser de outro modo?
Mesmo aqueles que jogaram o jogo da Sombra, que cortaram os planos, são Seres da Luz.
Entretanto, eles jogaram, e continuam a jogar, um jogo que os afasta, sempre e ainda mais, da revelação da Luz.
Mas isso não tem qualquer importância aos olhos da Fonte.

Como sabem, a Fonte se revela a vários seres humanos da superfície.
E é sempre essa palavra que retorna: “Fonte”.

Nós os engajamos firmemente a falar de “Fonte”, porque ela é uma Fonte de Vida, uma Fonte Viva, uma Fonte Verdadeira, tanto no que se refere à imagem Intraterrestre que chamamos, no seu tempo, de “Fonte Intraterrestre”, do mesmo modo é para a Fonte Intraterrestre e Extraterrestre.

***



A hora é, agora, para o seu alinhamento, no seu coração.

Vocês associaram a Presença, uma dupla Presença, eu diria até uma tripla Presença.
Além mesmo dos seus campos de coerência e de consciência (constituídos do seu veículo físico, dos seus veículos sutis, da totalidade do seu corpo, do seu Espírito e da sua alma), mesmo nesta Trindade, associa-se a vocês outra Trindade.

Ela é constituída do seu corpo de Estado de Ser, corpo de Eternidade, que lhes é apresentado por Cristo Miguel, iniciado nos Casamentos Celestes.
Vem, em seguida, o Anjo, que ressoa com você, que não é o Anjo Guardião, mas que é oAnjo da comutação, como Sentinela.
E, enfim, a revelação do próprio Cristo Miguel.

Esta Tri-Unidade realiza, em vocês, a promessa e o juramento da “Fonte”.
“Fonte”, essa palavra deve ser para vocês “sinônimo” da sua filiação, da sua Eternidade, de sua Unidade, qualquer que seja o caminho que vocês escolheram.

A dissociação, a separação dos planos, não tem mais razão de ser, assim como foi anunciado, há pouco mais de duas semanas, por Cristo Miguel.

A Luz renasceu, a Luz está chegando.
Isso não é uma visão da mente ou uma visão sutil, é uma visão real.
A Luz vem se fundir igualmente na sua dimensão.

Metatron é o portador desta nova Luz que firma uma aliança e, sobretudo, um retorno.

Povo de superfície, irmãos humanos, os momentos que vocês vivem são únicos.

Não deixem desperdiçar esse prazer, esta Aliança, essas Núpcias, pelo que quer que seja, ilustrando o jogo do medo e dos medos, presentes em vocês, ainda.

Como no exterior de vocês, nos jogos da Sombra e da Luz, a Sombra e a Luz se transmutam e se separam por alquimia.
Isso é normal, isso é Verdade.

Bem amado povo da superfície, neste momento, a preparação é ativa, porque o período essencial da humanidade, desde mais de 50.000 anos, irá se ilustrar e se manifestar aos seus olhos, estupefatos, entre 15 de agosto e 29 de setembro do seu ano [2009], assim como anunciou o Arcanjo Miguel.

***



Hoje, pelo princípio de ressonância, vocês devem iluminar, tornar tudo claro, absolutamente tudo, em vocês.

Inúmeros Arcanjos expressaram-se entre vocês, por múltiplos canais, falando sempre e incessantemente da mesma coisa: o abandono à Luz, explicando em palavras simples, a iniciação do Cristo e do Arcanjo Miguel.

Hoje, vocês estão nesses momentos.
Nós somos uma multidão a esperar pelo sinal da Fonte, nas próximas semanas do seu tempo terrestre, a fim de aparecermos e de nos manifestarmos.
Isso é agora.
Este anúncio é importante.

Eu gostaria, bem amado povo da superfície, de abrir com vocês um espaço de discussão com relação ao que eu acabo de lhes dizer, de lhes anunciar, em nome de todos os povos Intraterrestres.

O mesmo anúncio será feito, dentro de muito pouco tempo, por aquele que vocês chamaram de ADAMA, no nível de Telos, que é, ele também, um dos Governadores da região situada sob a América do Norte.

Assim, as linhagens humanas que desceram na Intraterra, quando da chegada das forças opostas à Luz, há 300.000 anos (assim como a nossa descida, nesta Intraterra e da Luz, na mesma época, mas por razões diferentes), anunciam, de maneira sincrônica, a Verdade do que é, do que vem e do que se revela a vocês.

Então, obviamente, a chegada da Luz, a chegada de Cristo Miguel, pode se refletir por uma agitação, em vocês, do mental, por uma agitação das emoções, por uma agitação dos medos, ou mesmo por recusas.
Isso se refere apenas a vocês com vocês mesmos.

Mergulhem no seu ser interior, encontrem ali a Luz, como disse Cristo: “Mantenham a sua casa limpa, porque ninguém conhece nem a hora, nem o dia”, disse ele.

Hoje, sem especificar o dia e a hora, nós afirmamos, nós, povo da Intraterra, que o momento chegou e que esse momento está, agora, no seu espaço/tempo.

Eu permaneço com vocês para responder.


************
ACESSO À SEGUNDA PARTE:
*
ACESSO À TERCEIRA PARTE:
************


(*) – Mensagem do ARCANJO MIGUEL (12.07.2009):

***

Mensagem do Intraterreno RAMATAN no site francês:
28 de julho de 2009
***
Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com
Postado por Célia G.

***

Transcrição e edição: Zulma Peixinho

Um comentário:

Dinarte araujo neto disse...

RAMATA fala como um governador de uma dimensão intraterra situada 'abaixo da Venezuela', da quarta com ancoração na quinta dimensão, e anunciador da 'Fonte'ùnica-LUZ onde todos os rios escuros e claros, límpidos e poluídos irão cedo ou tarde desaguár, igualmente privilegia o lugar geográfico-cósmico(Sírius) e o Cristo-Metraton, potestades celestiais,que separarão o joio do trigo, e anuncia um tempo e data de 2009 que passou como passam os dias tormentosos do calendário, tempos normais da ganância e desumanidade. Só de passagem Ramata nos fala do Cristo Interno,da verdadeira libertação da consciência e do Coração pelo cultivo da fonte da Luz interna em nosso centro corpomental, o verdadeiro Merkabah interdimensional. Estranho, não? Os evangelhos canônicos e apócrifos são uma misturança de todo tipo de intromissão histórica e tenebrosa, e separar lá dentro deles o joio do trigo do Cristo Libertador e Alegria das Nações já é um caminho de alquimia e integração com a Fonte que o arquétipo do Self, o Cristo-Anthropos, nos conduzindo a Lápis fundamental. E esta voz, Ramata, nos fala lá da 'intraterra' das dimensões do Inconsciente holocósmico em nós. Fora/Dentro,tudo é Um. Vos Pace est cum vos...