domingo, 31 de maio de 2009

SE VOCÊ ESTÁ LENDO ESTAS PALAVRAS...MENSAGEM DO CONCELHO DOS DOZE ATRAVÈS DE SELACIA

SE VOCÊ ESTÁ LENDO ESTAS PALAVRAS... Mensagem do Conselho Dos Doze através De Selacia




Mensagem do Conselho dos Doze através de Selacia



Está em marcha um salto na consciência superior

Estão-se desmoronando as estruturas sociais antiquadas

As instituições e os sistemas mais afetados são os controlados pelo poder e a cobiça



Segunda-feira 25 de maio de 2.009

Em uma série de círculos de metafísica, existe a idéia que o futuro da humanidade está predestinado. Segundo esta opinião, a espécie humana do planeta está 'destinada' a subir na consciência mais elevada de uma determinada maneira. O processo da criação, entretanto, não é algo predeterminado.

O futuro da humanidade não está rigidamente estabelecido.

Então, o que está se passando? Os seres humanos estão evoluindo e mudando a um ritmo sem precedentes. Pessoas em todos os rincões do planeta estão sendo afetadas. Outras formas de vida, e inclusive a própria Terra, estão em um processo de reconstrução maciça.

Um salto na consciência superior está em marcha. As antiquadas estruturas sociais se estão desmoronando, às vezes rapidamente e outras vezes em um lapso de anos ou décadas. As instituições e os sistemas mais afetados são os controlados pelo poder e a cobiça, e são freqüentemente os lugares que mais resistem a novos enfoques mais progressistas. As pessoas que no momento detêm o "poder", não querem largá-lo de jeito nenhum!

Nunca antes na Terra houve tantas mudanças de maneira tão rápida. Jovens que nasceram hoje terão que ser experts em adaptar-se à mudança, não só as mudanças típicas da vida, mas também a muitas outras mudanças que seus antepassados não tiveram que enfrentar. Porque é tudo tão novo, as gerações anteriores não criaram nenhum plano de trabalho para 'orientar' como navegar nestes tempos tumultuosos.

Se você está lendo estas palavras é porque escolheu participar deste grande experimento da humanidade: criar um novo começo para a Terra. No núcleo de seu ser você recordará a importância desta vida, não só para você particularmente, mas também para todos os seres no planeta. Também vai recordar os vínculos vitais entre o que acontece na Terra e o que ocorre em outros universos interconectados. Vocês sabem a urgência da situação. Entendem o que esta em jogo.

Antes de encarnar nesta época vocês escolheram ser um dos "criadores de mudanças divinas" durante os anos cruciais da Terra. Vocês "concordaram" sem duvida alguma em converter-se no valente guerreiro espiritual que estaria também desenvolvendo seus potenciais em seu próprio caminho evolutivo.

Quando nasceu em sua encarnação atual, provavelmente você não recordava de nenhuma decisão a respeito de unir-se a outros companheiros em uma louca 'dança de reconexão humana'. O mais provável é que ao chegar, rapidamente esqueceu onde estava e de onde tinha vindo. Sua lembrança de si mesmo como um ser espiritual, também é muito provável que esteja sob uma grossa camada de pó. Inclusive você pode sentir e pensar que "encontra-se no lugar errado, na hora errada e com as pessoas erradas"...

O que vocês querem agora?

Nesta conjuntura acredito que vocês desejam que este planeta Terra seja realmente a sua nova casa. Vocês querem sentir-se capazes de criar as mudanças que sabem que precisam ocorrer. Querem sentir que sua vida tem um sentido. Querem ter a confiança em sua capacidade para conectar-se com a verdade do que realmente ocorre em seu mundo. Não é assim?

Uma parte deste seu desafio é que ninguém os preparou para o que devem enfrentar. Não lhes entregaram um roteiro com instruções detalhadas sobre como estar nos melhores lugares... Têm que descobrir por si mesmos, passo a passo, momento a momento. Seus companheiros nesta viagem, alguns dos quais provavelmente ainda não se conheceram, não têm um roteiro tampouco. Corresponde a cada um de vocês separar as verdades das mentiras, e aprender a discernir o significado de sua realidade.

Muito freqüentemente vocês aprenderam que as coisas não são como parecem. Há 'muito mais' acontecendo atrás dos cenários. Vocês escutarão muitas informações a respeito de algumas delas através dos meios de comunicação manipulados cuidadosamente. Prestem muita atenção e cuidado a essas informações. As informações veiculadas pela grande mídia (televisão e jornais) estão manipuladas. Há muito mais atrás dessas 'noticiais' que vocês não saberão, porque não interessa que saibam!

Aprendam a questionar-se

Vocês estão aprendendo a questionar-se. Esta é uma habilidade natural que infelizmente não tem sido muito incentivada pela cultura moderna. A fim de avançar em seu poder divino nesta vida, vocês devem desenvolver sua capacidade para questionar-se e pô-la em uso regularmente nas suas situações cotidianas.

Será útil começar a questionar até as suas próprias perguntas, também. Por exemplo, quaisquer dos seguintes tipos de perguntas voltadas ao futuro tendem a fazer vocês se sentirem pequenos e impotentes:

Vou ser (ou ter) tal coisa e assim conseguir ser feliz no futuro?

Quando vou ter dinheiro suficiente para ter tudo que quero?

O que vai acontecer se eu tiver uma doença?

O que vai acontecer se eu perder meu marido (ou minha casa, ou meu filho, ou meu trabalho)?

Por quanto tempo esta situação (dor, enfermidade, problema) vai durar?

Quando o mundo se tornará seguro e pacífico?

Em vez de questionar o futuro desta maneira, considerem a possibilidade de fazer perguntas que lhes ajudem no presente para mudar sua situação, ou ao menos modificar seu ponto de vista sobre o que está ocorrendo. Para mudar a experiência do futuro, devem mudar sua experiência no presente. À medida que continuem a viagem de redescobrimento de sua natureza divina, os envolveremos com nosso amor e bençãos.

Somos “O Conselho dos 12”.

COMO LIDAR COM ESSA ENERGIA

Como Lidar Com Essa Energia

Por Patrícia Diane Cota-Robles

25 de maio de 2009



A humanidade está no meio de uma mudança de energia, de vibração e de consciência sem precedentes.

Os eventos planetários e celestiais estão fazendo com que a frequência da vibração seja intensamente acelerada em cada partícula atómica e subatómica e em cada onda de Vida na Terra.

Esta mudança de vibração está afectando de modo tangível cada homem, mulher e criança a um nível celular.

Ainda que as pessoas não compreendam exactamente o que está acontecendo a elas, todos parecem estar conscientes de que algo muito extraordinário está ocorrendo em seus corpos físicos, suas emoções, e seus processos de pensamento.



As pessoas ao redor do mundo estão vivenciando todos os tipos de coisas incomuns devido a esta vibração acelerada.

Milhões de pessoas parecem estar em um liquidificador ou andando em uma emocionante montanha-russa, enquanto elas prosseguem em suas actividades diárias.

As pessoas estão tendo dramáticas oscilações de humor, que estão muito em desacordo com os seus padrões de comportamento usuais.

Outras pessoas estão tendo acometimentos anormais de medo, ansiedade, stress e até ataques de pânico.

Eu sei que há muitas coisas estressantes ocorrendo nas vidas das pessoas, devido ao colapso da economia, aos problemas de moradia, e à perda dos empregos, etc, mas a algum nível, este fenómeno está acontecendo a todos, não obstante se eles são ou não afectados pessoalmente pelas circunstâncias do mundo exterior.



As pessoas estão experienciando todos os tipos de sintomas físicos incomuns, que eles não sofreram no passado.

Muitos estão tendo enxaquecas pela primeira vez ou problemas dolorosos nas costas.

Outros podem não ser capazes de se concentrar em seus pensamentos ou a sua memória a curto prazo pode parecer estar falhando.



As pessoas estão experienciando sintomas semelhantes a gripe inexplicáveis, alergias, fadiga excessiva, sonolência ou insónia, dores musculares e nas articulações, problemas digestivos, vertigens ou insensatez, e cada outra enfermidade física, mental e emocional na Terra.

É importante que todos nós compreendamos que o processo de aceleração que estamos passando é uma parte necessária da purificação e do renascimento que precisam ocorrer a fim de que manifestemos fisicamente os padrões de perfeição para a Nova Terra.



Felizmente, a Companhia do Céu nos tem revelado informações importantes e nos dado ferramentas muito poderosas que nos auxiliarão a completarmos este processo rapidamente com sintomas menos dolorosos.



Há algumas coisas muito fáceis que podemos fazer, além de usarmos as ferramentas e técnicas que nos foram dadas pelo nosso Deus Pai-Mãe e pela Companhia do Céu.

Nós podemos elevar as nossas vibrações, comendo mais frutas e vegetais orgânicos crus e bebermos água pura.

Podemos também elevar as nossas vibrações, ouvindo músicas edificantes, tendo pensamentos positivos, andando na natureza, relaxando na água, lendo livros inspirativos, brincando, amando, rindo, e qualquer outra coisa que abra os nossos corações e nos preencha de alegria.



Enquanto nos movemos através deste processo de Ascensão, devemos SABER que não é a intenção de nosso Deus Pai-Mãe que fiquemos presos na dor e no sofrimento que está sendo impulsionado para a superfície para serem transmutados e transformados na Luz.

Muito pelo contrário.

É o Seu desejo que utilizemos as preciosas ferramentas e técnicas que Eles nos deram, de modo que possamos Ascender rapidamente para as frequências da harmonia e do equilíbrio da 5ª Dimensão.

Nas frequências mais elevadas para as quais estamos Ascendendo, experienciaremos graciosamente a saúde vibrante, a eterna juventude, a abundância, a paz, o amor e a alegria abundante que está aguardando cada um de nós.



Em uma mensagem anterior, eu descrevi um evento global vitalmente importante que ocorrerá de 15 a 20 de Agosto de 2009.

Se vocês não leram este artigo, por favor, vão até esta mensagem "Este é o nosso momento" (Março de 2009), e leiam esta informação cuidadosamente.



É importante que todos nós participemos desta rara oportunidade de qualquer modo que nosso Eu Divino nos oriente.

O propósito desta Missão Divina é auxiliar a Humanidade e TODA a Vida que evolui na Terra para transmutar e transcender rapidamente a negatividade aparente que está causando tanta dor e sofrimento nas vidas das pessoas por todo o planeta.



A fim de que esta faceta crítica e monumental da revelação do Plano Divino seja Divina e Vitoriosamente realizada, em perfeito alinhamento com o bem mais elevado para toda a Vida nesta encantadora Terra, a Humanidade deve estar vibrando na freqüência mais elevada da Luz Divina que seja capaz de receber.

É por isto que a Companhia do Céu está pedindo que redobremos os nossos esforços durante os próximos meses.



Entre agora e o influxo global de Luz que ocorrerá em Agosto, surgirão várias oportunidades para a Humanidade se unir em meditações para aumentar a Luz que estamos contribuindo com o mundo.



Entretanto, o que vocês e eu fizermos em uma base DIÁRIA, unindo-nos em consciência com os Trabalhadores da Luz ao redor do mundo entre agora e este Momento Cósmico, expandirá a Luz na Terra exponencialmente.



Nossos esforços unificados elevarão a energia, a vibração e a consciência de nossos Corpos Terrestres às frequências da Luz além de qualquer coisa que já tenhamos vivenciado.



Isto impulsionará cada um de nós em direcção à saúde vibrante, à eterna juventude, e à infinita perfeição de nossos Corpos de Luz Solares físicos, etéricos, mentais e emocionais.

Isto, por sua vez, capacitará intensamente a nossa habilidade de sermos instrumentos eficazes de Deus, durante este tempo incomparável da Ascensão da Terra à Luz.



Nós expandiremos infinitamente a nossa habilidade de sermos um Cálice de Luz através do qual a Luz de Deus fluirá para transformar este planeta e toda a sua Vida nos padrões de perfeição da Nova Terra.



Aqueles que estão familiarizados com o nosso trabalho sabem que durante várias décadas passadas, compartilhamos inúmeros meios de informação e as poderosas ferramentas que foram dadas à Humanidade pela Companhia do Céu.

Agora, por causa da urgência da hora, nos foi pedido que compilássemos estes maravilhosos presentes do Alto em um conjunto de dois CDs que as pessoas por todo o mundo pudessem usar facilmente para se unirem em consciência.
Juntos, capacitaremos a nossa habilidade de transformar os nossos corpos físicos, etéricos, mentais e emocionais, e elevaremos a freqüência de nossos Corpos Terrestres na perfeição infinita de nossos Corpos de Luz Solares.

Nós somos poderosos além de nosso conhecimento, mas quando nós, com Divinas Intenções, unimos os nossos corações, o nosso poder é expandido além da compreensão de nossas mentes finitas.



A Companhia do Céu disse que a vantagem de usar CDs como estes para nos ajudar com a nossa transformação física, é que mesmo que estejamos trabalhando sozinhos em nossos lares, podemos nos unir em consciência com pessoas por todo o mundo que estejam usando os mesmos CDs.
Quando estamos fazendo as mesmas invocações, meditações e visualizações como milhares de pessoas no mundo inteiro, nossos esforços são ampliados um milhão de vezes.


Esta consciência colectiva cria um momentum de Luz que os nossos Eus Divinos podem usar para transmutar e transformar a negatividade aparente em nossas vidas individuais e nas vidas colectivas de toda a Humanidade.



Este importante conjunto de CDs é intitulado Transformação Física. Nós os estamos oferecendo por um preço reduzido para torná-los mais acessíveis para vocês.



Vocês podem pedir os CDs físicos ou podem descarregá-los através de nosso website ou de um arquivo MP3 para o seu computador.



Se vocês já tiverem este conjunto de CDs, por favor, continuem a usá-los para intensificar a formação do momentum de nosso campo de força de Luz transformadora.



Se não tiverem estes CDs e estiverem interessados em sua própria transformação física e em participar desta oportunidade para contribuir com a Luz do mundo, a informação para vocês adquirirem os CDs está listada abaixo.



http://eraofpeace.org/store/index.php?act=viewCat&catId=saleItems





Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

O LIVRO ( sem nome ) - FINAL ...MENTE

O LIVRO ( sem nome ) -

FINAL ...

MENTE



- Wal, o Paulo acaba de telefonar dizendo que está vindo me buscar.Você não irá permitir que eu me vásem saber tudo sobre o teu Mário. - Querida, já te falei tudo sobre o meu Mário. O que mais eu poderia dizer à não ser que ele é o Rei Menino? - Pode me dizer se o encontrou. E se o encontrou porquê ele não está aqui com você no Reino Encantado? - Lúcia, vou te contar uma outra história. É sobre meus pais terrenos. O nome de minha mãe era Maria e o de meu pai era Mário. Quando meus pais namoravam ele morava no Rio de Janeiro e ela em São Paulo. - Ah, não era tão distante. - Naquele tempo era menina. A distância em quilômetros a mesma, mas a dificuldade de ir e vir era grande. Meus pais namoravam por carta, e assim foitambém durante um tempo ainda depoisde casados. E minha mãe guardou todas as cartas. Daquele jeito que vemos hoje em filmes antigos, amarradinhas todas juntas com um laço de fita. Eu tinha muita vontade de ler estas cartas, e um dia, depois de muita insistência, ela o permitiu. - Que delicia. Eram cartas de Amor? - Sim, eram cartas de Amor. E todas elas começavam assim: "Minha Menina Linda"ou“ Olá Minha Mulher Amada”E terminavam todas assim:“ Te Amo”“Mário” - Que lindo! Deve ser muito bom sentir-se amada desta forma. - Foi o que eu disse para minha mãe. E ela respondeu:“ Que o Pai permita que ao encontrar o “teu Mário” ele te ame plenamente e você possa viver este amor em um Reino Encantado”. - Ôba! Dizem que desejos de mãe se tornam realidade. Agora que o Reino Encantado você já realizou na fisicalidade, não me deixe nesta curiosidade: Encontrou teu Mário? - Antes de te responder vou te falar do meu pai. Foi ele que me ensinou que o Amor era um sonho tangível. E ao dizer isso o fazia da sua maneira.Meu pai gostava de recitar poesias, e ao me falar sobre o Amor disse uma em especial: “Ouvir Estrelas” de Bilac. Uma estrófe apenas, mas que para mim diz tudo, ficou gravada em minha Alma: “Ora direis ouvir estrelas.Certo, perdeste o senso.Pois só quem ama pode ter ouvidos,Capaz de ouvir e de entender estrelas" Aprendi a ouvir estrelas, mas eu queria mesmo era chegar até elas. E para isso precisava aprender a voar... Nascemos livres, mas logo estamos sendo prisioneiras do legado de nossos antepassados que ditaram normas e leis as quais devemos nos curvar, nos submetendo a aberração de vivermos o hoje o que decretamos ontem, e o amanhã o que decretamos hoje. Somos prisioneiros de instituições que recebemos como herança, sem ao menos termos tido a oportunidade de exprimir nosso real querer. Aceitarmos as amarras destas situações ditadas por leis e normas, podendo derrubar as paredes que nos cerceiam a liberdade de amar, não nos transforma em pobres coitados, e sim em grandes covardes. O amor é a única fonte de liberdade que podemos encontrar, pois eleva nossas almas às alturas, estando além das tradições e das leis dos homens. Para conquistar esta liberdade, o amor que desfrutamos tem que ter as asas que nos arremetam além das nuvens, onde junto com o ser amado possamos desfrutar da beleza de um mundo cheio de magia. Ter a coragem de voar como a mariposa que esvoaça em volta da chama podendo até mesmo se queimar, mas nunca ser uma topeira enfiada em uma toca escura, ainda que segura e até mesmo confortável. E foi assim ponderado, que busquei o Amor ansiando pela liberdade, o bem mais precioso para todos os humanos. Senti com clareza a vontade de ser uma nova mulher, e no amor poder criar o Paraíso Terrestre no Reino Encantado. Mas o “meu Mário” não estava do meu lado, e assim não me foi possível criar este novo Éden. - Então não encontrou o teu Mário... - Porque diz que não encontrei criança? Não vê a possibilidade de ter sido ele a não me encontrar? - Como assim...não entendi! - Lúcia menina amada, o que tem valor mesmo ao sefalar de Amor Real, não é o simples encontro fisico,é ser reconhecida no Amor. Se perguntar se fui reconhecida no Amor, posso te responder que não. Eu não fui reconhecida no Amor. - Mas será um dia, tenho certeza. - Será? O futuro é maya criança. Por isso somente vivo o Agora, o presente que nos foi dado pelo Pai. Por isso se chama Presente. - Se não acredita no futuro como certo, então é este o final da tua história de Amor. - Quem poderá ter certeza? Quem diz FINAL...mente!

Walkyria Garcia
28/05/2009

sexta-feira, 29 de maio de 2009

PROMESSA DE AA MIGUEL‏

PROMESSA DE AA MIGUEL‏



A Força do primeiro Raio está ativa e vocês estão conectados nela, amados amigos da Luz. Sintam como essa energia cheia de força amplia-se... Essas forças são poderosas e cuidarão para que o Bem possa se impor cada vez mais. Nós, juntamente com os nossos alunos, iremos canalizá-las para todas as regiões em crise e depositar a nossa proteção também sobre aqueles que nada têm a ver com esses acontecimentos, pois não merecem passar por tal situação devido ao fato de não carregarem esse tipo de carma.

Portanto, imaginem como todos os seres humanos de boa vontade estão envoltos num poderoso cone de Luz – eles ficarão afastados de todas as regiões de inquietações, onde algo poderia acontecer, a fim de que continuem com a sua vida e suas aspirações. Amados alunos, canalizem inteiramente para o mundo a força de irradiação, assim, para nós também amplia-se a possibilidade de zelar pela proteção e ajuda para os seres humanos de boa vontade.

Mas não é só a proteção que torna essa irradiação tão poderosa, mas também a fé inabalável naquilo que vocês, queridos alunos, já sabem há muito tempo: a Força divina, que está em cada um, é sua quota da Vontade e do Poder de Deus!

Dessa maneira queremos exprimir que também vocês são "guerreiros de Deus". Portanto, levem a força da Fé para o mundo, para todos os lugares onde há seres humanos em seu meio que a perderam e não aceitam falar sobre isso, ou ainda, ouvir o que vocês teriam a dizer sobre isso. Se conhecem tais seres humanos, os envolvam na armadura da Luz Azul. Vocês não conseguem impor-lhes a fé, mas podem envolvê-los em um maravilhoso manto de proteção, de onde absorverão essa irradiação. E assim pedimos-lhes, amados alunos, que seja também de interesse de vocês cuidar de seus próximos. Nós sempre lhes prometemos manter anjos amigos a postos para ajudar-lhes nessa tarefa. Invoquem os anjos da irradiação Azul quando quiserem realizar tal obra de amor.

O Raio Azul tem muitas funções. Ele também oferece ajuda a todos aqueles seres humanos que se dedicaram a tarefas maiores e que não conseguiram seguir adiante com facilidade. Nossos anjos de irradiação Azul estão ativos em todos os lugares onde se carece de auxílio. Invoquem-nos, não importa o que apareça em seu caminho, eles gostam de ajudar, e se forem alunos da Luz como vocês, logo reconhecerão quem necessita de assistência. Basta um breve olhar, um chamado, e eles estão a postos! As legiões de anjos que vocês visualizam quando invocam o Arcanjo MIGUEL, são tão numerosas que podem assumir todas as tarefas, muito mais do que imaginam. Chamem por eles e prontamente atender-lhes-ão ao chamado, não importa o que esteja acontecendo, ajudarão, seja vocês mesmos ou seus amados ou até mesmo se precisarem de ajuda para outros – chamem pelo Anjo do Raio Azul!

Meus amigos, essa promessa será mantida. Vejam-se agora em um cone poderoso e protetor. Ele alcança até as profundezas da Terra e isola vocês de todas as negatividades do mundo exterior! No entanto, precisam permanecer na sua paz e, assim, ele afasta todo o mal. E se o destruírem através de suas próprias palavras ou pensamentos, ele será reconstruído, se assim o pedirem.

Meus amigos, desejamos que seja um maravilhoso trabalho conjunto o que planejamos com vocês. Certamente ainda não conseguem nos perceber, mas estamos ao seu lado e, estejam certos, especialmente quando invocarem estaremos a postos!

Também eu sou sempre um dos seus protetores,


MIGUEL, a serviço da Luz

quinta-feira, 28 de maio de 2009

2012 - A SEGUNDA VINDA

2012 - A SEGUNDA VINDA




------------------

O texto abaixo é uma canalização! Para quem não sabe do que se trata, eu digo que é a recepção de mensagens espirituais! São mensagens que estão aqui disponíveis apenas para você ler, ou para pensar, ou para não gostar, ou simplesmente para distribuir por aí! - Marco Antonio


--------------------------------------------------------------------------------



Olá a todos que estejam lendo estas linhas!!!

Muita coisa tem sido dita sobre o ano de 2012, sobre catástrofes, mudanças, alinhamentos, mudanças de pólos e outros assuntos similares. Pois bem, que tal promovermos uma revisão destes assuntos e reconsiderarmos algumas certezas?

Vamos começar pelo já famoso Cinturão de Fótons (para você que não sabe nada sobre isto, por favor, procure uma leitura adequada*). É verdade que Alcione, o Sol Central das Plêiades, está eternamente banhada pelo Cinturão de Fótons e por isto é um corpo celeste em constante Iluminação! É verdade que todas as demais estrelas que pertencem ao sistema pleiadiano circundam Alcione, inclusive o Sol que banha o seu planeta, chamado Terra. É verdade também que o seu Sol, já está mergulhado neste Cinturão de Fótons já faz uns 3 para 4 anos segundo sua contagem de tempo. É verdade que o planeta Terra já freqüenta o Cinturão de Fótons há alguns anos, mas ainda não está inteiramente mergulhado nele e que isto só ocorrerá no ano de sua contagem de 2012, mais precisamente: 21 de dezembro de 2012. É a data da sua contagem de tempo que coincide com a contagem Maia. Em outras palavras, seu planeta será cada vez mais submetido a uma aceleração das partículas e toda a vida nele existente se tornará mais e mais acelerada em termos de vibração e isto desencadeará uma brutal iluminação em massa de tudo o que vive na Terra, inclusive a própria Terra passará por esta reavaliação energética.
Mas, a partir daí começam as muitas incertezas!


Uns dizem que a Era de Aquário começa nesta data, outros dizem que ela só começa quando Plutão entrar definitivamente no Cinturão de Fótons. E você? Em que número vai apostar?


Vamos recordar algumas coisas, talvez vocês tenham melhores condições de se decidir por esta ou aquela teoria. O Sistema Solar ao qual vocês pertencem leva aproximadamente 26.000 anos para girar em torno de Alcione. Aproximadamente a cada 13.000 anos o seu sistema solar se encontra banhado pelo Cinturão de Fótons e sofre uma aceleração. E fica em torno de 2.000 anos sob este Cinturão. Este tempo em que ele fica banhado pelo Cinturão é chamado de Era de Leão ou de Era de Aquário. Atualmente estamos nos encaminhando para a Era de Aquário.

Agora vem a pergunta: em que momento entraremos na Era de Aquário? A resposta: NÃO IMPORTA!!!!!! Olhar para a folha sem ver a árvore ou olhar para a árvore sem ver a folha não fará ninguém melhor ou pior! O importante é o que este momento representa e não em que momento ele passa a existir! O que você já pode fazer desde agora é que é importante.

Haverá catástrofes? O que é uma catástrofe para vocês? Um dilúvio bíblico, um cometa chocando-se com seu planeta, Godzilla ensurdecendo seus tímpanos, vulcões em fúria hollywoodiana, aviões rodeando arranha-céus, governantes bombardeando um bando de esfomeados liderados por um egocêntrico? Escolha sua catástrofe e se divirta com ela, pois ela não virá!!!! Isto aí: ela não virá!!!! Vocês estão há tanto tempo acostumados com os relatos bíblicos que acham perfeitamente plausível que qualquer evolução deve vir sob um forte "arrasa-quarteirão". Por outro lado há aqueles que não sabem e nem seguem seus livros sagrados e também acham que tudo o que está além de seu conhecimento deve ser considerado como terrível e tenebroso ou mesmo justo na sua fúria! Isto serviu para uma época, isto aconteceu num dado momento, mas não é para sempre! E é bom que tenhamos algo em mente: catástrofes naturais não são castigos, mas acomodações, assim como a febre que atinge seu corpo sinalizando uma luta interna para trazer seu organismo ao equilíbrio. Portanto, esqueçam o capítulo catástrofe: O CRIADOR É UMA TREMENDA CONSCIÊNCIA E NÃO UM HUMANO UM POUCO MAIS ESCLARECIDO!!!!! OKKKKKK?????!!!!!! Em outras palavras Ele destrói e constrói em função do desenvolvimento da Sua Criação e não por achar que uma pulga mordiscou Seu pé! O que pode ocorrer são acomodações do planeta como um todo, coisa que sempre ocorreu em menor ou maior escala ao longo destes muitos anos pelos quais cada um de vocês têm vivido! Se a quantidade de fenômenos desiguais tem aumentado é porque o nível de acomodação exigido é maior, mas não vai ser a catástrofe que vai redimir a humanidade!

Quer dizer então que os seres humanos precisam se apressar para atingir algum nível espiritual em 2012? Para responder a esta pergunta vamos ter que dar uma volta em torno do Universo!

Vamos começar revendo o seguinte: você acredita em extraterrestres? Se você respondeu "Não", sinto em desapontá-lo, mas você acabou de negar o que você é! Sim, todos os seres que aqui estão tiveram suas origens fora do planeta. Todos chegaram aqui algum dia para deixar sua contribuição aqui, porque aqui é uma biblioteca viva**, onde cada ser de qualquer parte do Universo poderá tranqüilamente consultar cada arquivo livremente. E você é um arquivo! Dentro de suas células estão suas fitas DNA e nelas estão gravadas as suas origens e suas aventuras ao longo das eras pelos mais diversos pontos do Universo. Cada ser que habita esta planeta encontrou uma maneira de acumular suas aventuras, vocês fazem parte daquele grupo que escolheu gravá-las nestas fitas genéticas. O planeta Terra é um local originalmente feito para que um grupo restrito de seres o habitem por algum tempo administrando-o e permitindo que outros seres aqui cheguem e consultem os seus diversos arquivos. Estes "administradores" poderiam criar futuros "administradores". Desta maneira o planeta não correria o risco de virar o "cortiço" em que se transformou. Acontece que alguns seres (que doravante chamaremos de seres "em queda") ficaram de olho neste planeta e nas suas aparentes riquezas, esquecendo que, como tudo no Universo, todo equilíbrio é sutil demais. Estes seres acabaram por incutir no planeta a ganância espiritual e material que ainda hoje percorre suas mentes e veias. E todos aqueles que viveram neste planeta naqueles tempos tão antigos se tornaram vítimas: perderam o contato com a Terra, o contato com seu Eu Maior, se tornaram seres cada vez mais densos e prisioneiros de suas próprias paixões e deram origem a um bando de seres geneticamente modificados que hoje conhecemos como humanos. Os humanos são, na verdade, uma mistura da carga genética destes seres "em queda" com a de seres que originalmente já existiam aqui no planeta como frutos da evolução natural que transcorria normalmente naquela época. Seus cientistas há muito desconfiam que algo desta natureza tenha acontecido, pois não conseguem entender a estranha aceleração evolutiva que transcorreu neste planeta, pois para eles, em escala normal, vocês não deveriam estar no nível em que se encontram.

Mas, como nada no Universo acontece por acaso, o jeito foi ver o que aconteceria após esta série de manipulações genéticas. Acontece que ao mesmo tempo já se sabia que uma grande onda de energia envolveria um grupo de galáxias ao qual a Via-Láctea pertence. Esta onda de energia percorreria cada corpo celeste desta área do Universo gerando um salto qualitativo de evolução matricial. Haveria uma expansão de consciência de grandes proporções para todos os seres que viviam naquela área. Segundo sua contagem de tempo atual ela estaria para ocorrer coincidentemente durante a atual passagem do seu sistema solar pelo Cinturão de Fótons.

E como ficaria aquela "aberração genética" recentemente criada no planeta Terra? É preciso compreender que os humanos eram um bando de seres que continham um material genético de altíssimo nível e que não poderia ser descartado, uma vez que seu descarte apagaria informações muito antigas sobre muitas gerações de consciências, algumas delas originadas nos primórdios da Criação. Inicialmente foi necessário que um grupo de seres descessem ao seu planeta para educá-los, pois os seres humanos eram como sacos de seda vazios ou potes de ouro sem conteúdo. Pensem nisto: da noite para o dia uma lagarta virou um tigre! Como fazer com que a lagarta lentamente se adaptasse à sua nova realidade? Educando! Grandes seres de várias partes do Universo fizeram um "mutirão". Este "mutirão" ensinaria em tempo recorde, mas com cuidado, tudo o que pudesse ser útil para que aqueles seres estivessem melhor preparados para o salto quântico que se aproximava. Por que tanta preocupação? Simples, originalmente estes seres não continham a carga genética herdada de sua fusão com os seres "em queda" e, portanto, dentro do seu nível evolutivo natural estavam prontos para o que viria, mas com a nova carga genética eles adquiriram uma nova freqüência energética que se não fosse corretamente trabalhada..."fritaria" quando fosse atingida pela onda evolutiva. Um curto-circuito destruiria toda a matriz genética daqueles seres.


E assim, durante um bom tempo, os seres humanos foram introduzidos num novo patamar de evolução. Um dia um bando de seres que fazia parte deste "mutirão" resolveu que seria melhor se pudessem encarnar nos corpos de alguns daqueles humanos, pois achavam que isto facilitaria o aprendizado. E assim foi feito! O problema é que estes seres se tornaram apegados ao tipo de vida que passaram a ter em corpos humanos. E foi aí que surgiu a reencarnação. Até ali os seres humanos eram educados para chegar a um nível de maestria que lhes permitiria ultrapassar a terceira dimensão e ir lentamente acessando as demais, mas sem o processo de morte que hoje vocês conhecem e temem. Com a reencarnação criou-se uma roda infinita de morte e vida, da qual se tornaram prisioneiros aqueles encarnados nos humanos e os próprios humanos. A estes seres que encarnaram nos humanos vamos dar o nome de Lúcifer! Os seres chamados de Lúcifer acabaram por misturar suas cargas genéticas com as dos demais humanos (inicialmente Lúcifer só poderia casar com Lúcifer e gerar Lúcifer! Pode parecer engraçado, mas era o que acontecia! Quando um Lúcifer nascia numa família humana normal logo era entregue aos cuidados dos seres que faziam parte do "mutirão" para que fossem educados corretamente, para em seguida serem reintroduzidos no meio humano como conselheiros, feiticeiros, xamãs, mestres e afins) e com isto a matriz humana foi dando cada vez mais saltos, exigindo um preparo espiritual cada vez maior dos humanos. Os Lúcifer originais foram lentamente desaparecendo e em seu lugar nasceram híbridos: meio humanos, meio Lúcifer. Esta fusão evolutiva forçou uma decisão por parte dos seres que faziam parte do "mutirão": era preciso resgatar os Lúcifer que estavam presos na roda e ao mesmo tempo continuar a educação dos humanos e isto só seria possível se uma parte deles também encarnasse e tentasse encontrar uma "vacina" para limpar toda aquela bagunça! Os seres que aceitaram esta missão sabiam que perderiam muitos dos seus poderes e teriam que se sujeitar ao novo tipo de vida que levariam doravante. Eles iriam tatear feito cegos até encontrarem as chaves que libertariam a todos daquela experiência. E assim passaram-se as eras e muitos humanos ascenderam, alguns Lúcifer foram liberados, e os demais seres continuaram suas encarnações, esquecendo quem eram e o que estavam fazendo. A memória de toda esta aventura se perdeu com o tempo. Distorções nasceram ao longo deste tempo, os humanos se tornaram cada vez mais sábios e mais conscientes, mas totalmente inconscientes de suas origens. Hoje em dia há extraterrestres "puros", extraterrestres/humanos híbridos e humanos "puros" encarnados entre vocês. Esta mistura resultou numa explosiva aventura no seu planeta e que agora atinge o seu auge nestes tempos em que a Terra entra e sai repetidamente do Cinturão de Fótons.

Na medida em que o planeta entra e sai do Cinturão a energia se tornará cada vez menos densa com a conseqüente ascensão espiritual dos humanos (a chamada Consciência Crística se torna o seu novo estado de ser), o fim dos híbridos e facilitação de atuação dos extraterrestres "puros".

É bom saber que nós, que não somos humanos, não somos melhores e nem piores do que vocês! Somos apenas parte do mesmo Universo! Somos consciências assim como vocês o são, apenas estamos mais "conscientes" daquilo que somos. Nós nos sentimos como pais, pois aprendemos e ensinamos muito a vocês. Tenham certeza que nossa dedicação a vocês nunca foi menor, pois era nosso compromisso desde o início redimir nosso próprio erro! Sim, somos parte de tudo o que ocorreu com vocês e não "arredaremos" os nossos "etéricos" pés daqui até que nosso erro tenha sido corrigido. Cada um de nós cometeu um erro em um momento, tudo isto fruto de nossa ingênua pretensão de sermos maiores do que a Criação. Em alguns momentos nos tornamos deuses e nos tornamos mesmo O Deus. Nós criamos falsas impressões para vocês, deixamos que nos olhassem como seus salvadores, semeamos a guerra, a discórdia, implantamos sistemas de vida os mais estapafúrdios e vocês nos agüentaram o quanto puderam, mas um dia sofremos nosso próprio revés quando vimos que vocês haviam perdido o contato consigo mesmos, que vocês se tornaram seres embotados, refugiados em religiões que misturavam o pouco que ainda se lembravam confundindo-os mais ainda. Com medo das suas reações nós criamos sistemas perversos que os fizeram esquecer o pouco que ainda guardavam, criamos livros sagrados onde estórias verdadeiras se misturavam em meio a outras falsas, fizemos com que acreditassem que eram os únicos no Universo, os últimos.

Aqueles de nós que discordaram deste sistema de vida tentaram de todas as maneiras alertá-los: músicos fantásticos, curadores maravilhosos, artistas impressionantes e muitos outros seres de destaque resolveram encarnar para ajudá-los. E agora alguns de nós, extraterrestres, estamos ainda encarnados, alguns de nós nem têm consciência de suas verdadeiras origens, mas todos estão empenhados em ajudá-los neste momento. Nós sabemos que ao lerem o texto acima sua desconfiança sobre nós será muito grande, mas preferimos assim, pois como já dissemos, nós também aprendemos e muito com vocês. Não somos mais mestres e discípulos, somos apenas companheiros de viagens aguardando o próximo passo.

Como foi dito mais acima, para que vocês soubessem se teriam que se apressar para atingir algum nível espiritual até 2012 foi necessário que déssemos uma volta.

Quando os Maias deixaram aqui neste planeta suas informações sobre o tempo, na verdade deixaram uma grande iniciação. Se vocês conseguissem acessar esta iniciação, conseguiriam se preparar para os novos tempos. Está na hora de vocês perceberem que a Era de Aquário não é a Era das Comunidades, mas sim a Era da Humanidade. Observamos que vocês acham que a melhor maneira de encarar estes novos tempos é se embrenharem em matos criando comunidades. Percebam isto: por baixo da Era de Aquário existe a energia de Leão, portanto a individualidade será forte. Trata-se de um tempo em que cada um de vocês aprenderá a entrar em contato com sua verdadeira identidade, trazendo sua contribuição individual para a comunidade chamada Humanidade. Se vocês continuarem a se dividir e a se separarem, continuarão a viver como se estivessem na Era de Peixes. Peixes é a entrega absoluta, a dissolução do Eu, do Ego. O que é um Aquário? Um Aquário só tem graça se nele houver peixes, plantas aquáticas, areia colorida ou não, água e outros seres, se possível. Esta coletividade faz o Aquário. Só que em lugar de criar vários Aquários, é hora de criar um Aquário. Este trabalho não se fará de agora até 2012! Este trabalho se fará e se tornará mais forte a partir de 2012 e até que todo o seu sistema solar esteja completamente imerso no Cinturão de Fótons. Até 2012 não é para vocês se organizarem em movimentos, criar facções, gerar leis que beneficiem uns e outros, mas para aprenderem a acessar suas verdadeiras facetas e se liberarem dos sistemas de crenças e de falsos valores aos quais vocês se apegaram ao longo de sua evolução. É hora de vocês estilhaçarem a falsa imagem que criaram para si mesmos com o objetivo único de viverem melhor dentro da sociedade. É hora de convidarem suas sombras para viverem sem medo ao lado de seu lado mais luminoso. Trabalhem-se! Quanto mais vocês se trabalharem, quanto mais vocês rasgarem suas ligações com seus passados, mais difícil será para vocês serem capachos da sociedade em que vivem. Isto não é um discurso de esquerda ou anarquista. Aprendam a se conhecer, a se encarar sem medo. Isto é o que é para ser feito. Parem de se esconder por trás de musiquinhas insossas, de fumaças inebriantes, de sons exaustivamente repetidos. Eles são válidos apenas quando isto te pertence de fato. Não troquem um poder pelo outro, uma prisão pela outra. Procurem seus mestres interiores. Há muitas pessoas de boa índole, mas lembrem-se: elas só servem para fazê-lo lembrar e não para caminhar por vocês!

Lutem pela humanidade aprendendo a lutar pela sua individualidade! Enquanto vocês lutarem pela humanidade lutando pelo poder, tudo ficará difícil! Quando você aprende a lutar por você mesmo, você entende e enxerga seus limites e o dos outros.

Temos visto muitas pessoas se unindo em grupos para meditarem pelo planeta. Isto é ótimo! Mas lembrem-se: não adiantará meditarem pelo planeta se os seus corações abrigarem um ser sem amor por si mesmo! Não se trata de egoísmo ou egocentrismo, trata-se de aprender a se curar...agora! Muitos que não desejam se curar estão abandonando o planeta. É uma pena pois este é um momento maravilhoso para darem um grande salto!

Nossa ajuda neste momento é baseada na lição aprendida na convivência com vocês! Aceitem-na, por favor! Vocês já atingiram um ponto formidável, agora só falta uma coisa: desapego do passado e de tudo o que se relaciona a ele (medo, intolerância, ignorância, violência, submissão, dissimulação, vergonha, miséria, dor, sofrimento, preconceito, ausência de limites, etc).

É isto o que vocês precisam alcançar agora até 2012! A partir disto é que vocês começarão a viver na Era de Aquário! A Era de Aquário não é uma data, é uma vibração!

Procurem seus curadores, seus médicos, seus terapeutas, seus lugares de poder, suas crenças! Vasculhem tudo isto e descartem aquilo que não serve mais para vocês, lutem com toda força para resgatarem sua verdadeira faceta. O mundo não foi construído para suportar a sua verdadeira faceta e sim para sufocá-la! Sim, nós estamos por trás da idéia do filme Matrix e de tantos outros. Nós usamos a indústria cinematográfica para podermos atingir mais rápido mais pessoas. Olhem além dos efeitos especiais e verão vocês mesmos retratados na tela. Ou vocês acham que aquela estória do menino das mãos de tesouras conta a estória do seu cachorrinho? Aprendam a ler as entrelinhas!

Mensagens como estas estarão sendo soltas por vários canais pelo mundo! Nossa intenção é fazer com que não se desviem do ser que é mais importante neste momento: cada um de vocês!

O que foi contado aqui é um resumo de tudo o que ocorreu neste planeta! Leiam mais! Pesquisem mais! Não se prendam ao que falam por aí afora! Procurem aprender mais sobre vocês mesmos, sobre seu passado! Sobre o que está acontecendo nos céus agora! Procurem saber o que de fato está provocando alvoroço no meio científico! Descubram mais sobre as civilizações maias, caldéias, sumérias, babilônicas, egípcias!***
Este é nosso recado por agora!
Com todo nosso amor nos despedimos!



*Agenda Pleiadiana, de Barbara Hand Clow pode ser uma boa leitura para entender mais sobre o Cinturão de Fótons.
**Terra-Chaves Pleidianas para a Biblioteca Viva, de Barbara Marciniak e Mensageiros do Amanhecer, da mesma autora são excelentes para entender melhor sobre Dna e bibliotecas vivas.
***Rebelião de Lúcifer de Robert Lundlum, Além do Tempo-técnicas de Regressão da Mente/O Olho do Centauro/O Coração do Cristo, de Barbara Hand Clow (uma trilogia), todos os livros de Zecharia Sitchin (recomendo principalmente O Décimo Segundo Planeta), Operação Cavalo de Tróia, principalmente o primeiro volume, todos de J.J. Benítez, A jornada sagrada do Guerreiro Pacífico e O Caminho do Guerreiro Pacífico de Dan Millman, The Book of Enoch From-The Apocrypha and Pseudepigrapha of the Old Testament R.H. Charles Oxford: The Clarendon Press, O prisma de Lira, de Lyssa Royal e Keith Priest.
Todos os livros de Carlos Castaneda e os livros de Roberto Freire(principalmente, Sem Tesão nào há Solução). Há uma coleção de livros de Doris Lessing escritos antes dos seus mais famosos romances que relatam a vida nos primórdios do planeta, infelizmente não sei o nome deles.
Todos os livros sagrados (incluindo obras do Ramatis) e pesquisas arqueológicas disponíveis, além de boletins extraordinários da NASA.


--------------------------------------------------------------------------------



Data da canalização: 24 de Agosto de 2003




--------------------------------------------------------------------------------

NOTA: os seres envolvidos neste projeto desejam apenas que este trabalho seja exclusivamente feito em língua portuguesa! Por qual motivo? Nem eu sei!

Você é livre para copiar quaisquer dos textos apresentados, mas não deve traduzir para outra língua e nem assinar seu nome como sendo autor do texto! Eu sou apenas aquele que serviu de veículo para que estes textos se materializassem. Eu não assino estes textos como autor... No máximo como... Colaborador.


Divulgue a vontade!

Marco Antonio

Se quiser me conhecer mais:
www.sagradacura.hpg.com.br
http://br.geocities.com/buluccib

http://dobra9.blogspot.com/

Meu e-mail:
inlakechbr@yahoo.com.br

O QUE É AQUILO? WHAT IS THAT? - LEGENDADO

ONDE PERDEMOS A NOSSA INOCÊNCIA DE CRIANÇA?

Para pensarmos...

O QUE É AQUILO? WHAT IS THAT? - LEGENDADO

http://www.youtube.com/watch?v=uYVqNuTTmyg

O LIVRO (sem nome) - TERCEIRA PARTE/ continuação 02

O LIVRO (sem nome) -

TERCEIRA PARTE

/ continuação 02



- Com que então mimosa, podemos dizer que você foi premiada com três crianças índigo.



- Que eu fui premiada eu sei, agora como você pode fazer esta afirmação se não viu a aura deles?



- Realmente não vi, mas tenho certeza de que são azuis. Porém, pelo que conheço de teus filhos, eles preenchem totalmente os requisitos de um índigo :



* Têm alta sensibilidade
* Têm excessivo montante de energia
* Distraem-se facilmente
* Têm baixo poder de concentração
* Requerem emocionalmente estabilidade e segurança dos adultos
* Resistem à autoridade se não for democraticamente orientada
* Possuem maneiras preferenciais na aprendizagem particularmente na leitura e matemática
* Aprendem através do nível de explicação, resistindo à memorização mecânica ou a serem simplesmente ouvintes
* Não conseguem ficar quietas ou sentadas, a menos que estejam envolvidas em alguma coisa do seu interesse
* São muito compassivas; têm muitos medos tais como a morte e a perda dos amados
* Se elas experimentarem muito cedo decepção ou falha, podem desistir e desenvolver um bloqueio permanente.
Me diga se não preenchem teus meninos todos estes requisitos? – questionou Lúcia.



- Sim querida, preenchem. Realmente meus filhos são índigos. Infelizmente passei a entende-los melhor e aceitar com alegria “suas diferenças” um pouco tarde, pois por desconhecimento e acreditando nos pré conceitos sociais como verdadeiros, permiti fossem criados bloqueios. O único que se livrou de tê-los foi o Cezar. O Junior e o Marcus não escaparam da minha incompreensão. É muito triste para mim esta constatação : falhei como mãe.



- Porque diz isso mimosa? Deu até para “sentir” o quanto teus filhos te amam quando pude privar da companhia de vocês. Porquê diz que falhou?



- Filha querida, os índigos possuem um SENTIR mais desperto. Isso quer dizer que eles vão além do plano intelectual onde estão contidos todos os conceitos da sociedade em que vivemos no agora. Eles exigem do ambiente em que vivem certas características que não são comuns nas sociedades atuais. Eu não entendia isso, e fazia cobranças que estavam além do querer deles cumprirem. E quando cumpriram, principalmente o Junior que cumpriu todas elas, marcas ficaram.



- Mimosa, todos nós erramos. Este é um Planeta Escola.



- Eu sei disso querida. Mas não diminui em nada meu reconhecimento de que falhei. Não me empenhei o suficiente para entende-los, procurar saber os porquês. Eu fiz tudo o que podia, e mais um pouco até, para que eles fossem referência da nossa sociedade. Posso te dizer com certeza que é somente esta a mágoa que trago em minha Alma. Não consegui me perdoar ainda. Quem sabe um dia.



- Querida, todos nós que estamos tendo a possibilidade de saber mais através dos ensinamentos da Grande Fraternidade Branca, sabemos agora que as crianças índigos vieram para nos ensinar diminuir os distanciamentos entre o SENTIR e o AGIR.



- Sim, eu sei disso. Na nossa sociedade todos “sentem” o que é certo ou errado. Mas frequentemente agimos de forma diferente do que sentimos. Eu fiz isso em relação às minhas crianças.



- Está certo. Então vamos ver o que mais eles vieram no ensinar. Nos ajudarão a mudar o foco do EU para o PRÓXIMO, do RECEBER para o DOAR, do JULGAR para o RESPEITAR O MOMENTO DE CADA UM. Estou certa?



- Sim querida, você está certa. Errada estava eu quando não percebia que estas crianças simplesmente não respondem a estruturas rígidas porque para elas é imprescindível haver opções, relações verdadeiras e muita negociação. Elas não aceitam serem enganadas porque elas têm uma "intuição" nata para perceber as verdadeiras intenções e, mais, não têm medo. Portanto, intimidá-las não traz qualquer resultado, porque elas sempre encontrarão uma maneira de obter a verdade. Elas percebem as verdadeiras intenções e as fraquezas dos adultos. E meus filhos perceberam as manipulações que fiz. As fiz sim para poder conseguir que eles respondessem de forma à ir ao encontro do que eu achava certo dentro do conceito de agir desta nossa sociedade. O resultado é que duvidam sempre daquilo que falo. Questionam de maneira que me magoam e muito. Quantas vezes eu ouvi o Marcus dizer:

- Mãe, viva e deixa os outros viver. Não importa como vivam, desde que estejam se sentindo felizes.



- Então Wal, teus filhos índigos vieram para ENSINAR. Não se culpe por não saber o que eles sabem.



- Isso é verdade. E tenho provas disso ao poder constatar o perfeito relacionamento entre o Junior e Izabella, minha neta. Mesmo sem ter consciência do que falamos agora, ele age corretamente ao mostrar o “caminho” para ela.



- Izabella é uma criança cristal!



- Sim querida. Do mais puro cristal, que está iluminando os últimos anos deste meu viver.

MENSAGEM DE MESTRA MARIA RECEBIDA POR JANE M. RIBEIRO EM 26-05-2009

Mensagem de Mãe Maria recebida por Jane M. Ribeiro em 26/05/2009‏



Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Preparai-vos, amados!

A imortalidade bate mais uma vez as vossas portas.

É preciso, pois que possais concluir rapidamente vossas preparações para que vossas consciências resgatem o verdadeiro significado da unidade e, na unidade, vislumbrem o viver livres dos limites.

Sem a consciência da unidade o caminho que vos leva ao ilimitado não poderá ser concluído.

Unidade significa a total integração de vossas mentes, corpos e almas; significa a inexistência de qualquer fissura, de qualquer separação em vós; significa muito mais do que unir corpos, significa a total incorporação do “ser”, para tornar possível a manifestação do verdadeiro “ser” que sois: aquele que “é”, que reconhece sua verdadeira essência, que vê refletida sua estampa divina em tudo e em todos que fazem parte da imensa família dos filhos da Luz.

Urge perceberdes que a purificação a que vos submeteis diortunamente pela transmutação de vossos sentimentos, pensamentos e ações preconceituosas e egoístas e que visavam tão somente as vossas necessidades, é apenas um passo a mais rumo à manifestação da unidade divina, e só a concretização da unidade divina em vós possibilitará à abertura das portas que vos levarão a tão almejada ascensão.

Ascender exige de vós ultrapassardes muitas etapas, repletas de desafios, de obstáculos, de medos e incompreensões; significa sempre dar mais um passo certos do sucesso no objetivo de alcançardes a felicidade.

Lembrai-vos, pois que para vencerdes não basta apenas vontade, desejo, trabalho; é preciso que esses atributos venham acompanhados de compreensão, disciplina e reconhecimento da ilusão que permeia toda a separação que vivenciais no dia a dia, separação que vos tornam frágeis, inseguros, medrosos, egoístas, separação que faz emergir em vós a eterna guerra do “eu” contra o “outro”.

O outro lembrai-vos, não é vosso inimigo, mas sim vosso espelho; vosso inimigo jaz dentro de vós é ele que alimenta vossa falsa ilusão de que a separação é real; é o sentimento de separação que gera guerras de todas as espécies.

É hora de concluirdes todas as vossas guerras, é hora de reunificar todas as mentes e corações, é hora de resgatar a fortaleza que sois em essência, liberando o divino que vos permeia, resgatando vossa unidade, e na unidade finalizar vosso processo de preparação para vivenciardes o paraíso na Terra agora.

A luz da plenitude mais uma vez se derrama sobre vosso planeta e seus habitantes neste momento, trazendo com ela à essência da vida, a fonte do amor, a vibração da harmonia, o equilíbrio perfeito para todos os seres, a transformação da consciência da fragmentação que envolve ainda como uma grossa casca a semente da perfeição que reside m vós.

Amados, a plenitude emerge do vazio; esvaziai, pois vosso corpo mente e alma; libertai-vos do ódio, do medo, da culpa, da dúvida, da ilusão.

É hora de deixar florescer o “ser pleno” que só o vazio pode fazer emergir; é hora de crescer, dando mais um passo consciente, alimentando a certeza de que sois luz eis que sois parte do Criador, e que na luz tudo floresce, tudo se expande, tudo se preenche do mais puro amor.

Resgatai, pois vossa plenitude resgatando a unidade em vós, para que despojados de todos os falsos valores, livres de todos os preconceitos que vos tem mantido acorrentados à matéria densa possais alçar vôo rumo à imortalidade.

Que vossas orações sejam o bálsamo a envolver a consciência de todos aqueles que ainda precisam despertar para a luz da redenção.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós a minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.”



SP-25-09-2009-Mensagem de Mãe Maria recebida as 26-05-09 por Jane M. Ribeiro.

SUPORTAR O INEVITÁVEL

SUPORTAR O INEVITÁVEL



Eu poderia suportar todos os males que a vida me impusesse, menos uma coisa: a cegueira. Isso jamais eu poderia aguentar.

Estas foram palavras do famoso novelista e dramaturgo americano, Booth Tarkington, vencedor do prêmio Pulitzer.

Cada um de nós poderia então questionar: dos males, das provas da vida, qual seria aquela ou aquelas que não suportaríamos?

Todos temos limites e medos é certo. Então, até quando, ou, até o quê podemos, cada um de nós, suportar?

O Sr Tarkington viveu uma experiência muito especial neste sentido.

Um dia, quando já estava com seus sessenta e poucos anos, olhou o tapete que cobria o assoalho.

As cores estavam confusas, opacas. Não podia distinguir o desenho.

Foi a um especialista. Soube então da trágica verdade: estava perdendo a vista. Um olho já estava quase inutilizado; o outro seguia o mesmo caminho.

Acontecera-lhe o que ele mais temia.

E como foi que Tarkington reagiu diante do pior dos desastres? Será que pensou: Aí está! Eis o fim de minha vida...

Não, absolutamente. Para sua própria surpresa, sentiu-se quase alegre. Lançou mão até mesmo do seu senso de humor.

Pequenas manchas flutuantes perturbavam-lhe a visão, passavam-lhe pelos olhos e impediam-no de ver.

Contudo, quando a maior delas passava pelos olhos, costumava dizer:Olá! Lá está o vovô de novo! Para onde será que vai nesta bela manhã?

De que modo poderia o destino dominar tal Espírito? A resposta é: não poderia de maneira nenhuma.

Quando a cegueira total o envolveu, ele comentou: Verifiquei que podia suportar a perda de meus olhos exatamente como o homem pode suportar qualquer outra coisa.

Se perdesse todos os meus cinco sentidos, sei que poderia viver dentro da minha mente, pois é através do cérebro que vemos, e é nele que também vivemos, quer saibamos disso ou não.

Na esperança de recuperar a vista, submeteu-se, nos anos seguintes, a mais de doze operações, delicadas, incômodas.

Revoltou-se, por acaso, contra isso? Não. Sabia que isso precisava ser feito. Compreendia que não lhe era possível escapar de tal contingência. Aceitava tudo com extrema dignidade.

Recusou o quarto particular que lhe reservaram no hospital e foi para uma enfermaria comum, onde pudesse estar em companhia de outras pessoas que também sofriam reveses.

Quando teve que se submeter às repetidas operações, procurava se lembrar do quanto era afortunado:

É maravilhoso! É maravilhoso ver-se como a ciência pode agora realizar operações numa coisa tão delicada quanto os olhos humanos!

Muitos outros, passando por tudo que ele passou, teriam se transformado em trapos humanos e desistido de tudo, porém, Tarkington mostrou que é possível, que é sempre possível suportar o inevitável.

* * *

Suportar o inevitável significa ter resignação, esta aceitação do coração ao que a vida nos impõe pelas leis naturais do Universo.

Sabendo que Deus é soberanamente justo e bom, e que Suas Leis são perfeitas, não há o que temer.

Os fardos que carregamos sempre são proporcionais à nossa capacidade de suportá-los.

Os fardos sempre nos fazem mais fortes, mais esclarecidos e maduros, quando suportados com resignação e coragem.

Redação do Momento Espírita com base no cap. 9 do livro Como
evitar preocupações e começar a viver, de Dale Carneggie.
ed. Companhia Editora Nacional.
Em 25.05.2009.

In http://www.momento.com.br/pt/ler_texto.php?id=2206&stat=0

A IMPERMANÊNCIA DO EU E A PERMANÊNCIA DO DIVINO - Miguel, Príncipe e Regente das Milícias Celestiais‏

A IMPERMANÊNCIA DO EU E A PERMANÊNCIA DO DIVINO

Próxima irradiação da energia ultravioleta: dia 01/06 – madrugada de segunda feira na França – 03:00h- e domingo à noite – 22:00h no Brasil.

Eu Sou Miguel, Príncipe e Regente das Milícias Celestiais.



Bem amados Soberanos da Luz, eu saúdo em vocês a Graça. Recebam, todos vocês que participam da ancoragem na Terra desta nova vibração, deste novo estado, as saudações e o Amor do conjunto de Conclaves, Concílios, Reuniões Angélicas e Espirituais. Vejam só, vocês estão agora em número extremamente importante a fim de ancorar nesta densidade a chegada da Luz, da Unidade.

Bem amados filhos da Luz, chegamos à quinta graça. Eu vou, em algumas palavras, tentar definir com as vossas palavras o que significa esta graça. A alma humana se afastou voluntariamente da Fonte a fim de viver a experiência que vocês vivem. Esta experiência induz a um movimento. Em encarnação vocês são o movimento. A Fonte é o que permite este movimento permanecendo ao mesmo tempo ao centro. A vossa vida é movimento.

A roda das vossas encarnações é movimento. A expansão do vosso ego e da vossa alma, nesta densidade, é movimento. Assim podem dizer que a vida é movimento. A Fonte é princípio. Vocês são convidados agora a juntarem-se ao princípio do movimento e, para isso, devem, no entanto parar o movimento. Parar o movimento não significa parar a vida, mas bem pelo contrário, participar na vida, mas através de uma nova densidade muito mais leve, muito mais em harmonia, muito mais próximos da Fonte. Nisto, a quinta virtude consiste em realizar a impermanência do eu e, por conseguinte a permanência do Divino. Assim, a quinta virtude e a quinta efusão do Espírito Santo preparam em vocês um momento essencial no meio dos vossos Casamentos Celestiais que se realizará na vossa Segunda-feira de Pentecostes às três horas da manhã (22h do domingo no Brasil). Hora em que, pela primeira vez nesta humanidade, neste ciclo de mais de 50.000 anos, se realizará a alquimia do Espírito Santo e a alquimia do ultravioleta. Juntas, estas duas radiações, estas duas irradiações permitir-vos-ão tocar a eternidade. Isto não assinala o fim, mas o início da realização dos vossos Casamentos Celestiais. Nisto, é necessário, neste dia, realizar a imanência (procurar Deus dentro de si). Por isso, a efusão da radiação ultravioleta que acolhem permite realizar uma ancoragem cada vez mais forte desta realidade na vossa densidade. Isso vos aproxima do princípio de mutação, de transmutação. Isso vos aproxima da Eternidade. Isso vos permite, conservando ao mesmo tempo este corpo de densidade, realizar a veracidade do vosso juramento inicial que consiste a prometer à Fonte que retorne a ela.

O princípio é parar o movimento, voltando-vos ao centro, o que certas tradições chamaram exercícios espirituais (no hinduísmo, as diferentes formas de yoga; na vossa linguagem ocidental, a meditação; em outros povos, o xamanismo; e bem como outras palavras ainda) para significar a mesma realidade: a realização da imanência dentro do abandono do Ser. Para isto, devem parar o movimento, compreendam que vocês não são o movimento, mas que são bem mais que este movimento.

A hora é chegada, de dar-vos acesso a esta verdade, a esta Unidade que se aproxima da vossa densidade. Isso vos permitirá realizar, ao momento certo, após a desconstrução total da abstração deste mundo, a passagem dimensional, chamada no vosso mundo: ascensão. Para isto, parem o movimento, parem o tempo, parem o passado, parem o futuro e encontrem o presente onde tudo se realiza em Unidade, em Luz. A efusão da pressão da radiação ultravioleta vai permitir-vos aproximar-se deste centro. Para isto, devem consagrar os vossos últimos desejos em toda humildade, em toda simplicidade, e, sobretudo em toda honestidade, devem consagrar a vossa vida a isto.


Não há coisa mais importante para os seres que procuram com avidez a Luz, Deus, Cristo, a Realização ou qualquer outra entidade espiritual que vos viria ao Espírito, de ter como modelo para chegar e abandonar o movimento, abandonar a personalidade, a fim de permitir à Luz estabelecer a sua residência no vosso ser. Este princípio da quinta graça corresponde então à transmutação, à transubstanciação e, por conseguinte à cessação do movimento, permitindo à Unidade e à Luz revelar-se ao mais profundo do vosso ser, permitindo então a evolução progressiva, à medida que acontece a desconstrução em vocês, e ao redor de vocês, e do que é ilusão neste mundo e dos valores que não são da Luz.


Durante este período, só vocês podem comprometer-se neste caminho de regresso à Unidade. No entanto, e repetirei a cada efusão, a cada encontro estamos com vocês, nós vos encorajamos pelas nossas irradiações, pelas nossas presenças e pelas nossas Luzes. Não temam, filhos da Luz, que vocês tomem estas efusões hoje, ou que vocês as tomem a qualquer outro momento, vocês sempre estarão integrados nos caminhos da Luz, da Unidade, o mais próximos possível do centro. Esta transubstanciação, esta transmutação deste princípio de divisão, a fim de realizar a Unidade, realizar-se-á de maneira muito mais presente, muito mais intensa, a partir da nossa próxima efusão.

Isto pertence, de agora e já, aos mistérios mais importantes desta divulgação espiritual. Com efeito, nós, Arcanjos, reunidos em Conclave, e pelo intermediário da minha Presença, vamos entregar as Chaves, os Selos e a totalidade das nossas irradiações ao serviço da Mãe Divina, da Virgem Maria ou qualquer outro nome que evoca em vocês a primeira polaridade ou o primeiro princípio emanado de Deus, cristalizado na Virgem Maria. Cristalizado também em numerosos seres que têm realizado esta dimensão em suas encarnações, durante suas peregrinações, durante os milênios. Trata-se do casamento e dos Casamentos Alquímicos da radiação dos sete Selos Arcangélicos, reunidos e dados, para que a polaridade feminina de Deus (Espírito Santo, Virgem Maria ou qualquer outro nome que vos convém) realize em vocês o desdobramento total da Luz, da Verdade e, sobretudo do manto azul da compaixão.


Isto antecipa o que acontecerá na nossa próxima efusão. Eu vos falo desde agora, para que cada um de vocês, por todo este planeta, pela inúmera quantidade de almas reunindo-se a cada semana, possa integrar estas palavras e preparar-se para esta Santidade. Primeira efusão da radiação ultravioleta.


...Efusão de energia...

Bem amados Portadores da Luz, bem amados Transmissores da Luz, à medida que integrarem este estado de hoje, se aproximarão cada vez mais da imanência da consciência e do corpo, a Eternidade. Aproximar-se deste estado é ao mesmo tempo plenitude e vácuo. Vocês se aproximam irremediavelmente, aproximando-vos deste estado, do estado de alegria interna. Alguns desconfortos às vezes vividos por alguns de vocês, correspondentes à integração desta efusão da radiação ultravioleta, serão cada vez mais afastados de vocês à medida que penetrarem no vosso Templo Interno, o santuário do vosso coração, onde reside a Fonte em vocês, o princípio Solar, o princípio Crístico, pouco importa o nome que lhe dão. Isto não se traduz apenas em palavras, a realidade desta plenitude e deste vácuo. Aproximando-vos deste estado, manifestar-se-á, em vocês e ao redor de vocês, uma alegria que vos fará esquecer, quando penetrarem neste espaço sagrado, as vicissitudes do movimento da vida. Neste momento, começarão realmente a transmutação do vosso estado de ser dividido num ser luminoso. Esta construção durará o tempo da minha presença agindo, eu vos recordo sobre a desconstrução da ilusão, sobre a desconstrução dos poderes, e vos entregarão, finalmente, a vossa liberdade. Segunda efusão da radiação ultravioleta.


...Efusão de energia...


Como eu já vos disse, e repito-o hoje, a desconstrução do mundo da ilusão, do mundo da dualidade, manifestar-se-á a nível do vosso exterior de maneira cada vez mais evidente. Em caso algum vocês serão envolvidos por esta desconstrução, o que deve permitir-vos acessar e aproximá-los deste estado de Unidade. Estejam certos que hoje, todos os seres humanos sobre esta Terra estão onde deveriam estar. Eles estão no lugar em que escolheram quanto aos seus futuros, quanto à sua evolução. Vocês não devem preocupar-se nem com as vossas crianças, nem com os vossos pais nem com mais ninguém. Devem se preocupar com o conjunto da humanidade na sua totalidade.

Sendo os transmissores da Luz Arcangélica, vocês realizam isto. Da mesma maneira, permitam ao vosso ser de Eternidade revelar-se à vossa consciência. Permitam, sendo os Transmissores da Nossa Luz, ancorar cada vez mais, a realidade da Luz neste mundo de dualidade. O que se desconstrua, e se desconstruirá sob os vossos olhos, é a preliminar indispensável à emergência total da nova dimensão. Esta nova dimensão não está no vosso exterior, mas no interior de vocês. E é passando de uma visão externa a uma visão interna que cruzarão a ponte que os conduzirá à passagem dimensional e a realização da Unidade. Construímos, com a vossa ajuda, vossa irradiação e nossa radiação, a passagem. Construímos em vocês o Templo da Eternidade. Construímos em vocês os valores da Luz que deverão substituir totalmente, no momento certo, os ‘valores’ deste mundo: os ‘valores’ da competição, os ‘valores’ da inveja, os ‘valores’ da avidez, ‘valores’ que chamam economia, os ‘valores’ que chamam modelos políticos. Os falsos ‘valores’ da dualidade simplesmente não existirão mais, para os que passarão para a sua eternidade. Assim como dizia Cristo: “que lhe seja feito de acordo com a tua fé”, assim se fará, para cada entidade e para o conjunto desta humanidade. Assim tudo estará bem, tudo estará de acordo e respeito absoluto da liberdade em aceitar e integrar ou de recusar a Luz. Efusão da radiação.

...Efusão de energia...

Bem amados Soberanos da Luz que acolhem e transmitem à vossa volta esta Luz, vocês se aperceberão (e alguns dentre vocês já percebem) que à medida que integram o ultravioleta, progressivamente a vossa vida preenche-se de alegria e facilidades. O que vos parecia insuperável, impossível, realiza-se no interior de vocês: A Luz. O que vos é pedido hoje é simples. Os que no momento duvidam, abrirão os olhos frente à Luz que levam. Os que, no momento, não crêem e que deverão crer porque tal é o seu caminho, crerão vendo-os. Não crerão, obviamente, vendo o desconstrução deste mundo, mas unicamente pelo exemplo e a Luz que levam. Este é o vosso papel. Esta é a vossa missão. Irradiar a Luz, irradiar a alegria, irradiar a Unidade porque em estado de Unidade, conectando-vos à Fonte e aproximando-vos da Fonte, tudo o que vos parecia impossível simplesmente não existirá mais. Os alguns elementos que existem ainda, para alguns dentre vocês, são apenas os reflexos do não abandono total à Luz do amor que nós derramamos sobre vós. Compreendemos, devido às vossas experiências nesta densidade, algumas das dúvidas que ocorrem aos que não se beneficiam ainda conscientemente desta efusão. No entanto, um número ainda mais importante de seres humanos aceitará e integrará esta radiação ultravioleta quando acoplar a uma energia que nenhum dentre vocês pode ignorar, nem mesmo virar a face, que é o que vocês chamam o Espírito Santo. Este se juntará, a partir do vosso Pentecostes (quaisquer que sejam as vossas religiões, quaisquer que sejam as vossas crenças, quaisquer que sejam as vossas ilusões, quaisquer que sejam as vossas verdades), à radiação ultravioleta, a fim de aproximar mais ainda a vossa Essência da Eternidade.

...Efusão de Energia...

Tenho a precisar solenemente que são todos, sem nenhuma exceção, filhos da Luz e filhos da Fonte, e que, infalivelmente, respeitamos as vossas escolhas, que infalivelmente acolhemos e acolheremos os que se voltam para nós, para os representantes da Fonte, quaisquer que sejam os momentos em que vocês retornem, durante este período de desconstrução. O vosso futuro e a vossa evolução, quanto ao modo de passagem dimensional que vos será acessível, está, no entanto, em função da vossa capacidade de abandono à Luz. O abandono à Luz necessita simplesmente ousar ir para esta Luz, ousar acolher a alegria porque, finalmente, é o que restará.

Acolher esta Luz que veiculamos até vocês desde numerosos Círculos concêntricos, desde os Arcanjos até os seres muito mais próximos de vocês e que, no entanto, não participam na vossa encarnação neste plano de densidade. Os Anjos, os Mestres, as entidades de Luz, e diversas coisas cujo nível de consciência vos escapa, juntam-se a nós. Vocês são uma humanidade una e devem respeitar o caminho de cada um, juntar-se à Luz, juntar-se à Fonte, favorecer a passagem transdimensional e aceitar isso sem restrição nenhuma. Qualquer que seja a desconstrução deste mundo, descobrirão que esta desconstrução não é o drama que pensam, mas, bem pelo contrário, é o regresso à alegria. A alegria desabrocha e manifesta-se pelo intermédio da radiação ultravioleta que estará conjunta à efusão do Espírito Santo e, sobretudo, em aceitação. Nesta aceitação nada de nefasto poderá chegar. Quanto mais aproximarem-vos do centro de vocês mesmos, estarão menos sujeitos às perturbações da desconstrução.


Recordem Mestres da Luz, vocês são cada vez mais numerosos a acolher, aceitar estas efusões. Nós, que percebemos muito de vocês quanto ao vosso estatuto de Luz, felicitamo-vos e incentivamo-vos a trabalhar em humildade e na simplicidade neste trabalho majestoso que realizam. Quando os vossos olhos (os olhos da vossa consciência) virem o trabalho realizado, cantarão permanentemente uma canção de Graça ou qualquer outro canto que signifique para vocês a Glória da Fonte. Uma vez mais, o abandono à Luz realiza-se apenas no não julgamento. Devem banir em vocês tudo o que provoque divisão, tudo o que afasta realmente a Luz de vocês. Ser Transmissor da Luz, ser Ancorador da Luz necessita que levem a Luz bem elevada. Recordem que a Luz não julga nunca, que a Luz não condena nunca, que a Luz é paciente, que a Luz é Amor e que a Luz é Verdade. Nós vos engajamos em manter esta Luz, em momentos privilegiados de vácuo e plenitude, conectando-vos a Ela, conectando-vos à própria efusão, passada, presente e a vir, num mesmo espaço/tempo porque a Luz não pertence nem ao passado nem ao futuro, mas real e totalmente inclui todos os tempos da vossa densidade.


À medida que este tempo linear se escoa durante a desconstrução, terão, de maneira cada vez mais consciente e lúcida, a consciência da vossa Eternidade. O que significa que alguns dentre vocês, e seguidamente, muitos outros entre os Portadores de Luz, tomarão consciência da sua Eternidade, dos seus novos corpos de Luz, na dimensão que compartilharão em breve.


O momento agora é uma forma de gestação da Luz. Esta é semeada em vocês. Esta deve crescer e chegar à maturidade. Pela vossa constância, e pela vossa persistência de um comportamento luminoso na vossa dualidade, vocês aumentam amplamente o estabelecimento desta Fonte em vocês, a manifestação desta Fonte e a radiação desta Fonte e ancoragem desta Fonte. Não julguem nenhum acontecimento que vos pareceria contrário à Luz ocorrendo em vocês, porque isso não pode ser a partir do momento em que se ligam à efusão ultravioleta.


...Efusão de energia...


Bem amados Soberanos da Luz, percebemos a Luz que recebem. Percebemos a Luz que difundem. Alegrem-se! Devem estar cada vez mais leves. Devem estar cada vez mais felizes. Isto é mesmo o resultado do vosso abandono à Fonte. Isto é o resultado da vossa ausência de julgamento e da vossa ausência de dualidade no momento destas efusões. Estes momentos de graça ultrapassarão os momentos precisos que vivem. Numerosos dentre vocês percebem agora que a sua vida gira de uma maneira diferente, que é mais manifestada na alegria, manifestada na facilidade. Os que não o realizam pelo momento não têm nada a temer. Há ainda alguns ajustamentos necessários antes de realizar isto. No entanto, o objetivo desta Luz que difundimos, esta radiação ultravioleta é preparar-vos para a vinda da alegria, a integração da alegria, para a efusão solar que viverão em breve.


...Efusão de energia...


O Pai, a Fonte, que retransmitimos em vocês, espera-vos em Alegria, espera-vos em Eternidade porque o que vem a vocês é isso. Só o olhar dissociado ou o olhar do medo pode fazer-vos crer que isso não está pronto. Mas asseguramos-vos que o que vem é realmente a hora da Glória, a hora da Alegria, a hora da Eternidade reencontrada. Vocês têm se apercebido disto durante estas efusões. Terão uma amostra ainda maior e mais presente quando Maria, em possessão dos Selos, intervir nas vossas consciências, nas vossas estruturas, a fim de realizar a alquimia do Espírito Santo e da radiação ultravioleta. É a isto que devem preparar-vos ativamente no vosso Templo Interno. Independentemente das vossas atividades, independentemente das vossas perturbações, a preparação é comprometida nisto.


...Efusão de energia...


Bem amados Soberanos da Luz, eu abandono por hoje as palavras, a fim de centrar-me totalmente na radiação ultravioleta, no silêncio das palavras, a fim de penetrar mais no silêncio do vosso coração. Pela graça da vossa Presença, pela graça da vossa missão, pela graça da vossa Alegria, façamos isto agora. Eu vos amo, assim como vocês o dizem.


...Efusão de energia...

Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulga-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

O LIVRO (sem nome ) - TERCEIRA PARTE/continuação 01

O LIVRO (sem nome ) -

TERCEIRA PARTE

/continuação 01



- Quando aconteceu o fato que vou contar estávamos em Santa Catarina, no hotel. Era um sábado e foi durante a baixa temporada.



- Sei, na época em que fecham os restaurantes na hora do almoço.



- Boba! Sim, é quase isso mesmo. Viver em Santa Catarina, mais propriamente na região do Vale do Itajaí, foi para nossa família um ter que reavaliar os costumes, a maneira de Ser e Estar. É viver em um Brasil diferente e muito do Brasil de São Paulo.



- Mas tudo é Brasil não é verdade?



- Sim, tudo é Brasil. Quando pela primeira vez quis deixar o Pais, mudar para oferecer melhores condições de vida para meus filhos, escolhi a Espanha por minhas origens.



- E porquê não a Itália? Não é também tua origem familiar?



- É. Mas a Itália eu havia escolhido no meu imaginário ser o local onde iria passar minha lua-de-mel. Mas assim, uma lua-de-mel bem melada, com o Rei Menino que um dia iria chegar. Então optei pela Espanha.



- E porque não foi?



- Medo! Meus pais não me acompanhariam e eu iria sozinha com meus filhos. Três crianças pequenas e eu. “Medei!” – disse Walkyria rindo.



- Eu também “medaria” – respondeu Lúcia rindo também.



- São Paulo estava e ainda está , insuportável. Perigosamente insuportável. E a Vida me empurrou para uma mudança de local. Percorri este País de Norte a Sul, e optei pelo Sul. Por vários motivos, entre eles excelentes Universidades, pois meus filhos Marcus e Cezar estavam na idade de cursá-las.



- Wal, você poderia ter ido para o Rio Grande, assim teríamos nos reencontrado mais cedo.



- É. Poderia mesmo. Talvez se eu tivesse ido as páginas da minha história seria escritas de maneira diferente. Mas de uma coisa eu tenho certeza. Existe um “caminho” que devemos percorrer que foi escolhido antes de virmos. Se trilharmos por este caminho, tudo flui tal qual um riacho de águas mansas. Se escolhermos um atalho, encontramos vários obstáculos à nossa frente. E temos que desviar, desviar, até encontrarmos o caminho certo novamente.



- E você acha que escolheu certo ao optar por Santa Catarina?



- Sim. Naquele meu momento era o certo. Eu precisava “parar”. E nada melhor do que naquele lugar, onde o turbilhão de pessoas e acontecimentos só tem lugar durante 45 dias por ano. O resto do tempo você tem que optar entre “enlouquecer” ou entrar no ritmo.



- E você entrou no ritmo?



- Eu acredito que sim, mas fui duramente criticada pelos meus familiares dizendo que eu “saí fora da casinha”.



- Como assim?



- Ué Lúcia, não é o que dizem de todos nós aqueles que não compreendem no que passamos a acreditar quando estudamos os ensinamentos da Grande Fraternidade Branca?



- É verdade! Dizem mesmo. Dizem até de mim.



- Pois é. Mas mudam o seu pensar, e também passam a acreditar, quando as coisas começam a acontecer conforme dizemos termos sido informados. Continuando, me sobrava tempo. E este meu tempo era dividido entre leitura, meus rabiscos e a net. Na net encontrei “meu povo”. Comecei a participar de grupos espiritualistas, esotéricos, católicos, evangélicos, espíritas. Em cada um deles aprendi muito e encontrei gente linda. E em outros grupos entrei. Grupos de poesia, de poetas maravilhosos, de formatadores divinos. Se nos primeiros aprendi o que é o Amor neste plano de Vida, nos outros aprendi como externar este Amor ainda nesta Vida.



- E foi assim que nos reencontramos.



- Sim filha, através do Edson, o Ermitão da Picinguaba. Grande figura! Devo à ele ter encontrado você, o Paulo, a Luiza, o John, o Paulo Urban, a Amyra e tantos outros que ficaria aqui escrevendo nomes durante um tempo. Porém, para te contar sobre a experiência que tive com o Cezar, vou citar apenas mais dois. O Razen e o Esdras Martins.



- Os dois únicos que não estiveram fisicamente conosco.



- Vê que coisa? Até hoje eu fico triste por não ter acontecido.



- Mas conta lá. O que aconteceu com o Cezar?



- Como eu disse, era um sábado. Estávamos na baixa temporada e eu ficara a manhã inteira na net conversando com o Esdras. Este havia estado aqui no sítio revisando um livro e fazendo contato por TCI. Estava me contando as experiências lindas, e como conversávamos pelo MSN o Cezar ficou prestando atenção. Ficou ali quietinho, atento ao que o Esdras falava, o que me surpreendeu, mas eu nada comentei. Foi ai então que chegou um e-mail de Razen. Disse ao Esdras que iria responder o e-mail e iria para casa pois os meninos haviam resolvido fazer um churrasco. Despedimo-nos e o Cezar se levantou de onde estava sentado e mais uma vez me surpreendeu dizendo:

- Mãe, eu quero conhecer este cara.



- Ele gostou do assunto.



- Sim, é o que me pareceu. Mas foi mais do que isto. Cezar gostou do Esdras que lhe passou conhecimento e confiança. Fui então ler o e-mail do Razen onde ele me contava ter avistado um OVINI. Estava escrevendo para ele solicitando a foto, pois ele dizia ter fotografado, quando o Cezar se aproximou me chamando para ir embora. Expliquei que iria demorar mais uns minutos pois queria ver a foto que Razen havia tirado. Ele perguntou : - Foto de que? Expliquei que era de um disco voador e o Cezar respondeu: - Esta eu quero ver.

Escrevi para Razen explicando que iria esperar o retorno e a foto pois meu filho queria ver.



- Razen mandou?



- Sim, imediatamente entrou um e-mail onde ele perguntava: - É o Cezar?



- Porquê. Ele conhecia o Cezar?



- Não querida, mas conhecia o fato que te contei de eu ter visto uma nave mãe quando do término da cirurgia dele.



- Ah, entendo. E daí, o que aconteceu?



- Respondi que sim, que era o Cezar. Razen então mandou uma foto e mandou que eu perguntasse ao Cezar se era um OVINI. Perguntei, e o Cezar respondeu que não, que era uma luz. Disse isso à Razen que mandou uma segunda foto perguntado: - E esta? Cezar olhou, olhou e disse: - Mãe diz para este teu amigo parar com esta palhaçada que vamos almoçar. Isso não é OVINI coisa nenhuma. É luz novamente.



- Nossa! E o que você fez?



- Respondi a Razen dizendo : - É luz. E me despedindo, pois tínhamos um compromisso. Já ia desligar o computador quando entrou um novo e-mail com uma nova foto. Razen dizia : - Apenas mais esta para eu me certificar. Lúcia, aqui eu tenho que te dizer que se me mostrassem as três fotos eu diria ser possível que seriam OVINI´S. Para mim eram todas muito parecidas.



- E o Cezar, o que disse?



- Ele se aproximou já injuriado quando o chamei e pedi que olhasse somente mais aquela. Com “toda boa vontade” se aproximou, olhou e um sorriso lindo apareceu em seu rosto. Disse assim:

- Mãe, fala para seu amigo é esta sim é a foto de um OVINI. Mas fala logo e vamos embora que eu já estou com fome.



- Este é o Cezar! – disse Lúcia rindo. Esta é a experiência que queria contar?



- Quase.



- Tem mais? Então conta logo que deve ser o melhor, e o motivo de eu ficar brava com você.



- Bem, desliguei tudo e fomos para o carro. Como você sabe o hotel era bem próximo de nossa casa. Já estávamos entrando na rua onde morávamos quando eu falei:

- Filho, não sabia que você tinha interesse em disco voador. Ao que ele respondeu:

- Este assunto me interessa sim. Sempre que quiser falar sobre isso, conte comigo.

- Caramba Cezar, isto é que é uma surpresa. – respondi.

Foi então que ele disse:

- Mãe, você entenderia se eu dissesse que não sou mais o filho que você gerou? Se eu te contasse que quando da cirurgia me tornei outro? Que agora eu sou quem realmente eu sou?



- Minha Nossa Senhora. E o que você respondeu?



- NADA. Fiquei muda. E se não ouve-se outra pessoa junto conosco que também ouviu ele dizer isso, eu mesma pensaria que não ouvi direito.



- Mas e depois de passado o susto, não perguntou?



- Havíamos chegado em casa. Tinha outras pessoas nos esperando. O Cezar estacionou o carro e antes de descermos perguntei sim, ao que ele olhando para David respondeu:

- Não sei o que você está falando.



- E no agora, você não toca no assunto? Não pergunta nada? Estão apenas vocês dois ai no sitio.



- Na verdade Lúcia, eu sei que meu filho é “diferente”. Ele fala tantas coisas, diz tantas coisas, descreve tantas coisas que perguntar sobre isso deixou de ser importante.



- De que coisas você fala?



- Por exemplo, o Cezar classifica o Ser Humano como um vírus. Um vírus que está destruindo o Planeta. Fala com os pássaros, e estes se aproximam para comer em suas mãos. Não me refiro a pássaros engaiolados, e sim agrestes. As corujas, pica-pau, maritacas. Ontem ainda entrou um louva deus em me quarto. Estava na minha cama e foi ele quem viu. Tranquilamente estendeu a mão e o bichinho subiu na mão dele, abriu a janela e estendeu a mão para que ele voasse. Perguntar o que filha? Se ele é um extra terrestre? Já perguntei uma vez e ele disse: - Somos, todos somos.

Ele apenas confirmou o que eu já sabia:

Todos somos Sementes Estelares.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

O LIVRO ( sem nome ) - TERCEIRA PARTE

O LIVRO ( sem nome ) -

TERCEIRA PARTE



Enquanto Walkyria aguardava Lúcia tomar seu café da manhã ficou sentada à sombra do flamboyant ouvindo o cantos dos pássaros neste mais um despertar no Reino Encantado.



A Natureza é pródiga e perfeita. Depois de uma noite onde as sombras do passado não lhe permitiram o descanso que seu corpo físico requeria, o amanhecer com todas as suas cores e o Sol que despontava no horizonte, vinham preencher sua Alma de luz e calor, afastando as sombras e levando embora a dor.



Seu olhar alcançou o guanandi, a árvore que pertence ao Rei Menino. Lá estava ela, forte, garbosa, dominando aquela parte do jardim. Suas raízes haviam penetrado no solo primeiro timidamente, mas no depois, ao ser tratada, amada, acarinhada, ganhou força.



O Amor em Ação!



Somente através do Amor em Ação é que tudo floresce. Seja uma pequena flor, um pequenino animal do tamanho de seu cachorrinho Pitchi, a Criança que sua Alma abriga...absolutamente tudo precisa do Amor em Ação.



Ganhos e perdas. Viver neste plano é vivenciar esta dualidade. Ganhar ou perder...tanto faz. A Vitória que nos arremete a Felicidade, precisa passar por estas duas situações. Ás vezes para podermos entender que somente seremos vitoriosos quando nossa prioridade for o Amor, e ganharmos a Felicidade, precisamos passar pela Dor da perda.



Hoje, sentindo-se perdedora, sentindo-se sem rumo e sem prumo pois a mão que a guiava foi retirada, a Rainha Menina busca em seu Coração o sentimento de Esperança para um recomeçar. Novamente sozinha. Nem mesmo o lenitivo das lágrimas que ajudavam no desafogar de sua tristeza se permite mais. Foi quando Lúcia chegou e perguntou:



- Então mimosa? Chorando novamente?



- Ah criança, vê alguma lágrima correndo pelo meu rosto?



- E precisa querida? O brilho em teus olhos se apagaram. Isto me dá a certeza de que muitas lágrimas estão sendo derramadas em teu Coração.



- Lúcia menina amada, atente para o que vou te dizer. Esta foi uma noite sombria, o vento soprava forte, não havia estrelas no céu. Nuvens escuras passavam ligeiras. O céu chorou, uma chuva fininha e gelada. Olhe como está ele agora. Límpido e azul. Olhe o Sol como está radiante. Se as árvores do nosso jardim se curvaram sob o vento raivoso, no agora estão novamente viçosas pois se curvaram, mas não foram derrubadas. E puderam receber a água, o liquido da Vida, e agora com o Sol aquecendo o solo, irão deste retirar o alimento que precisam para continuar crescendo, indo rumo ao infinito céu.

Observe a Natureza e verá Deus/Deusa AMOR em Ação. Assim estou eu, menina.

Olhe aquele guanandi, pois ele sou eu. Da mesma forma que ele cresce bravamente, que com as intempéries se curva mas não cai. Estou sofrendo no Agora a Dor da Perda. Curvo-me ante ela, a aceito em todo o seu esplendor, mas não caio. Eu sei que um dia alcançarei o Céu pois

EU SOU o Amor em Ação.



- De que perda está falando mimosa?



- Não é esta a hora de falar de minhas perdas. Vou falar de meus ganhos. Vou continuar te contando sobre o Cezar. Pode ser?



- Claro que sim. Mesmo porque te conheço e sei que não vai adiantar nada eu insistir em saber de outras coisas – disse Lúcia rindo.



- Pois então continuemos. O Cezar estava tão bem que no dia seguinte à cirurgia, quando pela previsão médica deveria estar na UTI, já estava andando pelo corredor do hospital. Logo pela manhã, na sexta feira, recebeu alta.



- Não apresentou nenhuma seqüela?



- De comportamento não. De visível apenas perdera o movimento da sobrancelha direita, do lado onde fora aberta a sua cabeça.



- E o tumor, era benigno?



- Não querida, era malígno. Câncer. Soubemos o resultado na semana seguinte, quando voltamos ao hospital para continuar o tratamento. Foi quando o médico prescreveu vinte e quatro aplicações de radioterapia. Nesta oportunidade, Maia pegou todos os resultados radiológicos mais a prescrição destas aplicações e mandou para os EEUU no que era na época reconhecido como o melhor centro de tratamento de câncer.

Enquanto aguardávamos que fosse feita a máscara para ser usada durante as aplicações, chegou o parecer médico lá dos EEUU: o procedimento estava correto. Seriam mesmo necessárias as vinte e quatro aplicações.



- Puxa, que pena. Tantas aplicações deixariam o Cezar careca com certeza. Mas desde que ficasse livre totalmente do câncer, valia a pena.



- Está certa querida. A Vida é e sempre será mais importante do que qualquer restrições físicas que possamos ter. Mas não foi isso o que aconteceu com ele.



- Não ? Como não?



- A rotina era a seguinte. Uma vez por semana ele fazia a aplicação de radioterapia, e em seguida fazia uma tomografia. Na quarta semana, na quarta aplicação, após ter feito a tomografia, o médico responsável sai da sala abraçado com ele e diz:

- Walkyria, não me pergunte o que aconteceu porque não sei, mas não será mais necessário a aplicação de radioterapia. Posso te dizer com segurança que teu filho está curado.



- Oras vivas, finalmente a Alegria.



- Sim menina, foi realmente um momento mágico.



- E as seqüelas que ficaram? Teve alguma?



- Novamente tenho que te dizer que físicas não. O movimento do rosto no geral voltou. E os cabelos também. Mas ficou uma situação emocional que se socialmente falando é de difícil gerenciamento, posso dizer que até mesmo impossível, no meu enfoque é hoje sua melhor virtude : o Cezar não mente!



- Mais que maravilha. E ser verdadeiro, dizer somente a verdade, atrapalha em que?



- Ah Lúcia, vivemos em uma sociedade mentirosa. O trato entre as pessoas é sempre revestido de uma “aparente verdade” para se conseguir o fim determinado. Comercialmente então, nem se fala. E o Cezar fala a verdade. Fala sempre. E te desmente se você falar algo que ele sabe ser inverdade na frente dele. Pergunta na maior inocência:

- Porque está falando isso? Sabe que é mentira.

Para ele não importa que seja uma mentira sem conseqüências maiores, é mentira e ele diz:

- Mentira!



- É, realmente para o profissional, nesta sociedade imoral que está implantada no Planeta, o Cezar é um “peixe fora d´água”. Mas no trato pessoal, familiar, como é o procedimento dele?



- Bem, vou te contar um fato para que entenda melhor. Meu centro emocional sempre foram os meus filhos. E eu acredito que dizer TE AMO seja necessário dizer enquanto podemos fazê-lo. São duas palavrinhas que exprimem TUDO. Você pode até pensar que não há necessidade de rotineiramente falarmos, mas se ponderar que chegará o momento em que não nos será mais possível nem falar e nem ouvir, sentirá que tenho razão. Assim, nunca me despedi de meus filhos, e agora da minha neta, seja por telefone, por escrito, e até mesmo pessoalmente sem declinar meu sentir.

TE AMO, para mim resume TUDO.

O Cezar nunca havia dito estas palavras, nem para mim nem para ninguém.



- Nunca disse que te amava?



- Não. Eu perguntava para ele o porquê de ele não dizer e a resposta era :

- Mãe, não sei o que é amar. Como posso dizer TE AMO se eu não conheço este sentimento?



- Meu Pai, o Cezar não conhece o que é amar?



- Não conhecia criança. Um dia, quando ele tinha 18 anos, telefonou para mim e disse:

- Mãe, agora eu sei o que é amar. Estou te ligando para dizer TE AMO.



- Nossa, que delicia!



- Foi mesmo. E no agora, vem até meu quarto antes de se recolher, pergunta se preciso de alguma coisa e diz:

TE AMO mãe.



- E como foi que ele descobriu este sentir?



- Não sei Lúcia. Não perguntei. O importante para mim é que descobriu. Mas vou te contar um outro fato relacionado ao Cezar, que você vai ficar triste comigo porquê não questionei no momento certo.



- Então tem relação com espiritualidade!



- Sim, tem. Vou te contar.

CADELA JASMINE... UMA LIÇÃO DE AMOR

CADELA JASMINE... UMA LIÇÃO DE AMOR

Jasmine



Em 2003, a policia de Warwckshire, Inglaterra, abriu um galpão de um jardim e encontrou ali um cão choroso e encolhido. Ele havia sido trancado e abandonado no galpão. Estava sujo, desnutrido e claramente maltratado.



Num ato de bondade, a policia levou o cão para um abrigo próximo, o Nuneaton Warwickshire Wildlife Sanctuary, dirigido por um homem chamado Geoff Grewcock. Lugar este conhecido como um paraiso para animais abandonados, orfãos ou com outra qualquer necessidade.
Geoff e a equipe do Santuário trabalharam com dois objetivos: restaurar a completa saude do animal, e ganhar sua confiança.Levou varias semanas,mas finalmente os dois objetivos foram alcançados.

Deram a ela o nome de Jasmine, e começaram a pensar em encontrar para ela um lar adotivo



Mas Jasmine tinha outras ideias. Ninguém se lembra como começou, mas ela passou a dar as boas vindas a todos animais que chegavam ao Santuário. Não importava se era um cachorrinho, um filhote de raposa, um coelho ou qualquer outro animal perdido ou ferido. Jasmine se esgueirava para dentro da caixa ou gaiola e os recebia com uma lambida de boas vindas.



Geoff conta um dos primeiros incidentes: " Nós tinhamos dois cachorrinhos que foram abandonados numa linha de trem próxima. Um era um mestiço de Lakeland Terrier e o outro um mestiço de Jack Russel Doberman.



Eles eram bem pequenos quando chegaram ao centro e Jasmine aproximou-se e abocanhou um pelo cangote e colocou-o em uma almofada. Aí ela trouxe o outro e aconchegou-se a eles, acarinhando- os"

" Mas ela é assim com todos os nossos animais, até com os coelhos. Ela os acalma e desestressa e isto os ajuda ,não só a ficarem mais próximos a ela mas também a se adaptarem ao novo ambiente"



" Ela fez o mesmo com filhotes de raposa e de texugos: ela lambe os coelhos e os porcos da Guiné e ainda deixa os pássaros empoleirarem- se em seu nariz"

Jasmine, a tímida, maltratada, pária abandonada, tornou-se a mãe substituta dos animais do Santuário, um papel para o qual ela nasceu.






A lista de jovens animais dos quais ela cuidou inclui cinco filhotes de raposa, quatro filhotes de texugo, quinze galinhas, oito porcos da Guiné, dois cachorrinhos e quinze coelhos. E um cervo montês. O pequeno Bramble, com 11 semanas de idade, foi encontrado semi-consciente em um campo. Na chegada ao Santuário, Jasmine aconchegou-se a ele para mante-lo aquecido e assumiu inteiramente o papel de mãe substituta. Jasmine cumula Bramble de afeição e não deixa que nada lhe falte.



" Eles são inseparáveis", diz Geoff. " Bramble anda entre suas pernas e eles ficam se beijando...Eles passeiam juntos pelo Santuário. É um prazer ve-los"



Jasmine continuará cuidando de Bramble até que ele possa voltar a viver na floresta.



Quando isto acontecer, Jasmine não estará sozinha. Ela estará muito ocupada distribuindo amor e carinho ao próximo orfão ou `a próxima vitima de abusos e maltratos



UM VERDADEIRO EXEMPLO DE AMOR INCONDICIONAL!


VOCÊ CONHECE MUITOS SERES CAPAZES DISSO???


... JASMINE ESTÁ AÍ PARA ENSINAR...