domingo, 8 de novembro de 2009

UMA MENSAGEM DOS PLEIADIANOS CANALIZADA POR GILLIAN MACBETH-LOUTHAN

UMA MENSAGEM DOS PLEIADIANOS CANALIZADA POR GILLIAN MACBETH-LOUTHAN

Uma Mensagem dos Pleiadianos
Sábado, 31 de Outubro de 2009



Bem-vindos.
Nós somos energias das Plêiades.

Neste dia nos apresentamos em seu ser, em seu campo de energia, em seu coração e em sua consciência. Nós trazemos a essência da verdade - nua e crua. A verdade é o que todos vocês procuram e a verdade é o que será mostrada conforme vocês penetram mais e mais em sua verdadeira essência.

Por muitos anos vocês têm se escondido de vocês mesmos. Vocês ficam escondidos atrás da porta, olhando sua vida pela fresta, tendo medo de mergulhar totalmente na vida. Vocês não vieram aqui para ficarem sentados do lado de fora, permanecerem nas arquibancadas, se esconderem atrás de portas. Vocês vieram para esta vida para experimentar 100% dela, para abrir cada centímetro daquilo de vocês que tem estado trancado, para sentir a vida na totalidade, para deixar ir as paixões, para sentir os sucos da vida fluindo através de vocês.

Muitas vezes vocês têm medo do que seu coração, sua alma e sua condição humana lhes pedem para fazer. Sua condição humana lhes diz para se aproximarem daquele indivíduo e dizer olá, e seus joelhos batem, tremem e vocês se urinam, já que o temor é o seu companheiro. Por que vocês têm medo de avançar e se apresentar para o grande amor da sua vida?

Tudo em vocês grita que vocês odeiam o local onde moram, e vocês dão algum passo para mudar sua experiência? Vocês adoram o local onde estão estabelecidos? Vocês abençoam a terra em que vocês residem? Não, vocês a maldizem e viram seus rostos com tédio conforme as ervas daninhas ficam cada vez mais altas, os aparelhos quebram e as paredes descascam em remorso porque vocês não amam o que vocês criaram.

É tempo de amar o local onde vocês estão estabelecidos. Desse ponto de amor, desse centro do seu universo, avancem totalmente naquilo que seu coração deseja.

Vocês acham que seu tempo na Terra é tão longo, mas no esquema de tempo universal, ele só é uma piscadela - metade do dia e acabou. Vocês se sentam nos reinos superiores quando fazem a passagem e vocês choram e vocês lamentam. Vocês lamentam o que vocês tiveram medo de fazer enquanto estavam na Terra em forma humana. Vocês lamentam os amores que vocês tiveram medo de se dedicar. Vocês lamentam porque vocês temeram a vida.

A vida não é o seu carcereiro. A Terra não é uma prisão. Ela é na verdade um grande parque de diversões e vocês têm medo de usar os brinquedos. Muitas vezes vocês têm medo de ingerir a doçura do algodão doce da sua vida. "Ele é tão bom, ele é docinho demais, não pode ser bom para mim, ele não pode durar, ele não pode ser eterno, e com certeza não pode ser Divino."

É hora de vocês abrirem bem os seus braços e acolherem o que ainda está por vir. Pois seus dias estão mais curtos. Vocês não têm mais a dádiva do tempo em pacotes de 24. O tempo encurta. A vida se apressa. Vocês ficam parados, paralisados com medo tal qual um cervo na frente de faróis, com medo de avançar, com medo de recuar, com medo de se mover. Suas vidas mostram isso. Suas carteiras mostram isso. Seus corações mostram isso, seus carros, seus quintais, e seus trabalhos mostram isso.

Como humanos, vocês são deuses disfarçados. Vocês representam os deuses nos céus e ainda vocês não veem seu poder, não veem suas habilidades, não veem seu futuro. Sua própria luz os tem deixado cegos. Vocês esperam por atas em muros para lhes explicar a próxima etapa de sua jornada. Mas a próxima etapa da jornada está descrita e decretada pelos seus próprios movimentos e emoções.

Quando vocês negam suas emoções, não há movimento em sua vida.
Seu carro permanece parado. Seu corpo permanece parado. Seu salário permanece parado. Seus maiores sonhos permanecem parados. Abram-se para explorar o Novo Mundo de vocês. Vocês são todos como Cristóvão Colombo no último dia de navegação pelos mapas. Vocês precisam vir para a beira do seu mundo. Vocês precisam vir para a beira de suas expectativas.

Vocês irão ficar desamparados? Vocês serão devorados vivos? Vocês vão se perder?
Com toda certeza nós esperamos que vocês se percam.

Mergulhem em si mesmos nesta nova derivação de sua jornada. Porque o que abunda perante vocês está além do seu entendimento conceitual de tempo e espaço. Cada célula de seu corpo vibra conforme ela lembra de sua origem estelar. Vocês estão fora dos mapas. Vocês estão fora das unidades de GPS. Vocês estão fora das telas e os satélites não podem localizá-los. Vocês estão expandindo mais rápido do que a velocidade da luz, se esta for a sua escolha. Quanto mais vocês se agarrarem a um estado de imobilidade, mais sua vida irá gritar com você. Sua vida grita pela vida dela, ela grita com você em desespero, ela grita com você em tristeza, e ela grita com você em dor.

Abram este limiar pois a união do céu e da terra é anunciada.

Vocês são a noiva e vocês são o noivo e vocês são a nave da igreja, e vocês são o bolo e vocês são o sacerdote. Vocês entram no limiar do seu futuro. O futuro precisa que vocês, humanos, se movimentem. Sem vocês, nada se move - nada avança, nada evolui, nada ascensiona a níveis mais altos de luz até que a condição humana avance.

A Terra não era para ser difícil.
A condição humana é um divino ponto de origem.
A vida é uma dádiva. A corpo é uma dádiva. O ar é uma dádiva. Vocês são dádivas.

As pessoas da sua vida vêm para vocês porque vocês atraem energética, espiritual, e psiquicamente, e não à toa. Não há ninguém na sua vida com quem você não marcou. Amor é o que vocês criam e deixem-no amar vocês. Honrem o que vocês criaram. Honrem quem quer que esteja em seu coração, quem quer que esteja na sua família e quem quer que esteja na sua vida.

O Amor é o ponto de criação em que vocês estão, em que vocês estarão, e em que vocês se tornarão. O futuro cabe a vocês. Vocês detêm não só o futuro do seu próprio microcosmo, sua própria existência mínima. Mas vocês detêm o futuro de todo o universo que espera por vocês.

O tempo não espera por um homem.
O tempo espera por toda a raça humana.

Cada passo que vocês dão em direção ao destemor, cada coisa que vocês fazem e que vocês amam - não importa se é pequena, ela se estende e toca o universo. Um grande aplauso é dado e ouvido através do Universo. Vocês avançaram quanto ao medo, ao amor e ao futuro.

Vocês disseram: "Eu não quero ficar neste emprego, ou neste relacionamento, ou nesta casa, ou com este veículo, ou neste lugar. Eu quero estar em outro lugar que eu honre e que me honre."
E então andaram destemidamente. Vocês mediram os passos na encosta da montanha sabendo que poderiam voar sem medo.

Suas vidas acenam para vocês. Vocês não estão sendo chamados para algo que seja como areia movediça. Vocês estão sendo chamados para um Ponto de Luz que está animado com suas presenças lá, que lhes dá as boas-vindas em um lugar em que a humanidade como um todo nunca se aventurou. A Escada de Luz de Jacó está bem aí. Vocês já subiram três degraus da escada. Não há um gigante no topo que irá morder vocês e os empurrar para baixo.
Somente vocês vão saudar vocês na sua luz ampliada.

O que nós viemos lhes dizer, em um tom bem sério, é que nós precisamos que vocês estejam em amor. Não só com uma pessoa, ou com o corpo, ou com um carro novo - mas com toda a experiência. Nós precisamos que vocês primeiro gostem do que fazem, para gostar de quem vive com vocês, e para gostar de sua família. E então, finalmente quando vocês estiverem com coragem, aventurarem-se pelo corredor do amor.

Nós precisamos que vocês gostem de si mesmos, porque sem gostar de si mesmo, vocês nunca poderão amar vocês mesmos. Nós precisamos que vocês façam isto. Honrem a vastidão de seu ser e deixem a vida honrar vocês. Não existem coincidências. Não existem erros. Vocês são divinamente proporcionais ao que é a sua experiência. Vocês criam o coeficiente de luz para a escuridão.

Abram seu coração para a próxima etapa de sua experiência. O Universo inteiro precisa de vocês. Nós somos os Pleiadianos; mais sérios que de costume e vocês sabem como nos sentimos sobre isso. Nós gostamos de brincar com vocês, mas há a hora de brincar e a hora de contemplar o futuro.

Seja o que for que vocês anseiam - tornem-se.
Seja o que for que vocês desejam - deixem que seja uma experiência.
Deixem de desejar - vivam o desejo.

Permitam que a vida chegue a vocês e vocês cheguem à vida, sem remorsos, sem fúrias.
Agora nós partimos.

Abram-se para receber estas verdades ao nível em que vocês forem capazes.
Vocês são seres vastíssimos que nós saudamos. Vocês são mais corajosos do que nós - pois vocês encarnaram nesta época de transição e ascensão. Nós mantemos a luz da entrada acesa para vocês, então encontrem o seu caminho para casa.

Estamos partindo.
Gillian MacBeth-Louthan - PO box 217 - Dandridge, Tennessee 37725-0217 - www.thequantumawakening.com thequantumawakening@hughes.net

Um comentário:

jayme disse...

cuidado com que se quer realizar com nossos desejos eles podem nos trair e assim nunca encontrar-mos o caminho de volta.Ayam.