sexta-feira, 3 de setembro de 2010

SINAIS - ***UM FILME A NÃO PERDER***

SINAIS -

***UM FILME A NÃO PERDER***

Existem apenas duas maneiras de ver a vida:
uma é pensar que não existem milagres,
e a outra é que tudo é um milagre.
Albert Einstein



Como vocês sabem, sou cinéfila. Adoro filmes. Acredito que aprendi mais em minha vida vendo filmes do que em qualquer outro tipo de aprendizado. Está tudo lá. Antes eu não via assim, apenas adorava a mágica do cinema por intuição. Hoje tenho certeza absoluta que tudo que devemos saber sobre nós, nossa existência, já foi dito nas telas...


Essa semana revi com mais atenção, o filme “Sinais”, do diretor Indiano Shyamalan. Uma parte me chamou muita atenção, a cena entre o Mel Gibson e Joaquim Phoenix em que o ex-pastor (Gibson) promove uma análise com o irmão, em crer que tudo que experimentamos são meros “sinais”. Eles estão por todos os lados, mas não os vemos como “sinais”. Será que a mensagem não foi dada aí? Que tal fazermos uma rápida análise?


Vamos conhecer para ver.


Os Anunnaki construíram as pirâmides como um aviso do que está por vir, isto é fato. Não é por um “acaso” que estão alinhados com a constelação de Orion, e que a data em que o Sol passa sobre ela é 2012.


A OMM - Organização Meteorológica Mundial, emitiu uma nota que diz que estamos experimentando uma seqüência inédita de eventos meteorológicos extremos.



Registros de temperatura máxima em 17 países = Belarus, Ucrânia, Chipre, Finlândia, Qatar, Rússia, Sudão, Nigéria, Arábia Saudita, Chade, Kuwait, Iraque, Paquistão, Birmânia, Ilha Ascensão, Ilhas Salomão, Colômbia, e leste dos Estados Unidos onde a neve é o normal.


Isto inclui a temperatura mais alta da Ásia, de todos os tempos, o surpreendente 53,5 ° C (128,3 ° F), marca estabelecida em 26 de maio 2010, no Paquistão. As ondas de calor estão em nível crescente nos últimos 10 anos.


Grandes correntes que se movem sob as águas em torno dos oceanos estão começando a parar, o que significa que a água do oceano, em breve se tornará muito aquecida.


As calotas polares estão derretendo abrindo a vegetação de tundra onde antes era puro gelo. Enormes geleiras estão à deriva no oceano. Tennessee, USA, foi atingido por uma inundação histórica que arrasou estradas, empresas e milhares de casas. As enchentes em todo os USA foram particularmente graves tendo repercussão financeira até a presente data.


O mundo tem experimentando padrões meteorológicos destrutivos.
Japão arde e Moscou queima a 40 graus, Austrália, os rios secam após a pior seca da sua história ou inundam as cidades causando estragos sem precedentes. Cidades inteiras somem do mapa na Espanha, Polônia, Romênia, França, Áustria, República Checa, Alemanha, Hungria, Eslováquia, Sérvia e Ucrânia outras partes da Europa, de um modo geral, devastadas por chuvas torrenciais e frio extremo.



Neve na Florida em janeiro de 2009. Neve em Dezembro de 2008 em Las Vegas e no sul do Brasil onde a neve não chegava com tanta freqüência e abundancia parece que está se tornando parte da paisagem. Bolas gigantes de granizo caiem dos céus causando estragos materiais e até vitimas.


Terremoto em Bam, no Irã, destruiu a cidade e deixou 30 mil pessoas mortas. O devastador Tsunami de 2004 calcula-se ter matado cerca de 230 mil pessoas após um terremoto de 9 pontos na escala Richter em águas oceânicas elevando ondas de 10 metros de altura – foi o mais violento desde 1960 e um dos 5 maiores nos últimos 100 anos.


Eles são até o momento 3% da população da China afetados pelas chuvas com inundações e deslizamentos de terra, parece pouco 3%, mas são 42 milhões de pessoas sem casa, abrigo, comida e assistência médica. A agricultura que sustenta o país está embaixo d’água. Com a fome e o medo as doenças epidemiológicas já fazem parte dos eventos previstos.


Estamos entrando no Ciclo Solar 24. Por razões não totalmente explicadas ainda pela ciência contemporânea, a EMCs (Ejeções de Massa Coronal) em pares ciclos solares (como 24) tendem a atingir a Terra pelo Hemisfério norte. Elas devem abrir uma brecha no nosso campo de proteção bombardeando a magnetosfera com tempestades de plasma 20 vezes mais potentes do que o normal e jamais visto e experimentado pelo homem moderno.


Os textos antigos nos mostram que as atividades vulcânicas e atividades sísmicas aumentam 3 a 4 décadas antes de cada passagem de Nibiru – ou Planeta X, Nemesis, A Estrela da Morte, Marduck, Horcobulos ou seja lá o nome que queiram dar.


As catástrofes naturais aumentaram sensivelmente em 410% entre 1963 e 1993. E essas mudanças estão se intensificando desde 1996, mas continuam sendo mantidas fora da mídia, tanto quanto possível.


Até quando nossos governantes vão dissimular a humanidade para esses eventos? Como esconder que as atividades vulcânicas e sísmicas aumentaram 400-500% desde 1975? Até quando o povo vai acreditar na tese do “aquecimento global”?


Basicamente, tudo no sistema solar está experimentando fenômenos incomuns. Planetas estão sofrendo drásticas mudanças em seus campos magnéticos e variações em suas atmosferas. Não somos os únicos a experimentar os efeitos dessa aproximação de Nibiru.


O Universo inteiro é uma teia conectada de eletricidade. E 99% do universo é composto de plasma carregado no nível atômico.


Planetas são esferas de plasma densamente carregadas. Não há porque estranhar que um corpo 8 vezes maior que a Terra que passará entre nós e o Sol, não cause perturbações em nossos campos magnéticos.





Urano e Netuno parecem ter sofrido recentemente a inversão dos pólos. Foi o que registrou a sonda Voyager 2.


As calotas polares de Marte estão derretendo e recuando em vários quilômetros por ano, muito mais rápido do que aqui na Terra. Júpiter, o maior planeta do nosso sistema solar, está desenvolvendo uma segunda mancha gigante vermelha, uma tempestade enorme está tomado conta de sua atmosfera devido ao “aquecimento global” interno. E olha que não tem gente nossa lá, eim?!


Estamos prestes a qualquer momento sofrer a inversão dos pólos também. Em 1989 o pólo magnético da Terra acelerou novamente, e em 2007 os cientistas confirmaram que o pólo está galopando em direção a Sibéria a 55 - 60 Km por ano. A impressão que alguns analistas têm é que o pólo Norte magnético está se virando para o Sol e sabemos que Nibiru está vindo pelo nosso Hemisfério Sul.


Dois lados magneticamente carregados não se unem a outro, mas rejeitam um e outro como nos imãs. Quem nunca brincou com um imã?



Quando a reversão ocorrer, terras onde haviam gelo vão derreter e inundações como estamos vendo hoje serão multiplicadas. Desertos ganharão umidade e florestas secarão, se incendiarão, entrarão em combustão automática. Isso te faz lembrar de alguma coisa?


Os animais já sentem o movimento dos pólos magnéticos e estão desorientados morrendo exaustos na praia por não saberem para onde ir, onde está a comida e um porto seguro. O mar avança a cada dia o litoral mais baixo dos continentes. Ilhas poderão ser engolidas a qualquer momento.


Você cético, que me visita fica incomodado com todo esse alarde sobre mudanças no clima e notícias sobre invasões alienígenas e outros, seguindo o repertório Apocalíptico – afinal, a palavra apocalipse significa REVELAÇÂO e não complicação ou destruição, portanto, antes de me visitar, vá estudar.



Areia do deserto Arábia Saudita

O que estamos REVELANDO ou desmistificando são SINAIS que a própria natureza nos fornece, sinais esses que deveriam ser objeto de estudo dos nossos cientistas e Governantes nesse planeta, mas infelizmente o que vemos é que eles não estão preocupados com ninguém – e querem que todos se explodam! Primeiro eles e os seus familiares e amigos.


Se ninguém vai nos ajudar, então temos que buscar a melhor informação que pudermos para não passarmos por diversos tipos de privações que poderiam se evitadas. Ficar sentado em frente a poltrona criticando o horário político, não te levará a lugar algum...


Que tipo de privações?
Bom, você não pode negar que as coisas estão bizarras por aí. E seria muita estupidez da sua parte acreditar que o que acontece lá na China não lhe afeta. Ignorar que milhões de chineses estão sem emprego e milhões de crianças estão sem algo para comer nesse exato momento. Que o calor no Japão não lhe aquece e que os incêndios na Europa não vão chegar à sua casa. Fique sabendo que você pode não ter laminha na sua calçada, pode não ter perdido nenhum botão da sua camisa, mas acredite, terá alguém que perdeu tudo entrando na sua cozinha para pegar o que você está comendo... e isso será em breve.


O poder aquisitivo do maior país do mundo está com os dias contados. Eles estão cortando as encomendas na China. Muitas fábricas estão fechando. Milhões estão dormindo nas ruas. A comunidade chinesa está preocupada com o aumento de pessoas circulando nas ruas sem ter o que fazer e sem ter o que comer – necessidades básicas. Estão preocupados com movimentos de quebra-quebra. A uma guerra em andamento. Os ânimos estão exaltados. Pouca ou nenhuma informação sobre nada, apenas sentimentos de: “Eu quero o meu”.



Vejam os sinais. Estão por todos os lados. Mas para ver você tem que conhecer. Se não colocarmos as informações, por piores que elas sejam, vamos estar à mercê de quem tem a informação. É crucial para esse momento que estamos passando, saber o que acontece no Paraguai, no Crato (CE), no Xingu ou em Marte! Tudo é informação!


Novamente me reporto a você que nos critica, todos temos escolhas. Fazemos escolhas o tempo todo, mas não vemos como escolhas e sim como “destino”. Esse é o erro. Acredite que pode mudar seu presente e fazer um futuro melhor, mas para isso você vai precisar conhecer seu passado, sua origem e observar no que nós erramos anteriormente e então avaliarmos com essas informações os SINAIS que estão presentes para tirar o melhor proveito.


Escolha um lugar para estar. Se você não gosta do que eu escrevo, mude o canal. Aproveite que você ainda tem o livre arbítrio, pois logo, logo vamos perdê-lo se não fizermos as escolhas certas ou as melhores possíveis.


fonte
Laura Botelho

Um comentário:

Espaço Compartilhar disse...

Saudações Jackie, gostei muito do teu blog, já começando pela citação do grande poeta Khalil Ghibran.
Senti total sintonia com as postagens, parabéns.
Paz Profunda nobre amiga.