segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A IMOBILIZAÇÃO EXPLICADA COM PALAVRAS SIMPLES

A IMOBILIZAÇÃO EXPLICADA COM PALAVRAS SIMPLES



Por Alexiis.

Acima de tudo quero esclarecer que todo o tema da imobilização pertence em realidade ao grupo principal de Cristo Miguel, Esu/Sananda, Monjoronson e alguns mais, que em sua maior parte estão ligados ao texto do livro Urantia. Tenho que confessar que não o cheguei a ler ainda, por toda a complicação de minha mudança para cá.

Logo nos finais de 2008 apareceu Krom que também fazia referência ao assunto da imobilização, mas deixou de mandar mensagens contínuas em meados de 2009.

Pois bem, falava-se que a imobilização ia se produzir depois da aparição de Júpiter, quando ele se converteu no segundo sol, mas isso aparentemente pôde ser evitado.

A princípio, quando se falava da imobilização, eu, como Anita, pensava: "que lindo, vou descansar", mas logo me dei conta que, como Alexiis, tinha que oferecer minha ajuda, ou seja, estudar (nas naves) para ajudar depois que voltarmos à superfície do planeta. Quando finalmente me apresentei, Yeshua, em forma jocosa, comentou que "já era tempo" de me apresentar, caso contrário teria que me dar umas cotoveladas para me despertar ao que tinha que fazer.

Há uma parte da humanidade (acredito que são 110.000 pessoas, ou algo parecido) que se ofereceu para ir às escolas especiais durante a imobilização para poder estudar e estar preparados para ajudar à humanidade quando voltar ao planeta reformado.

Durante o tempo da imobilização nossos irmãos maiores vão fazer todo o necessário para limpar o planeta e restaurá-lo a fim de torná-lo de novo habitável; e também se cogita que a maioria de nós vai viver nas cidades intraterrenas por um tempo, para que a superfície possa ser totalmente recuperada como habitat para o reino vegetal, animal, etc. e que só haverá umas poucas colônias humanas na superfície.

Lamentavelmente há que se reconhecer que a humanidade em sua maioria não despertou frente ao que terá que ser feito para recuperar nossa famosa estrela azul.

Na imobilização não se trata de ‘ir-se dormir e salvar-se’, porque haverá uma grande parte da humanidade que não está pronta, ou não quer seguir com o planeta para a 5D, assim, essas pessoas se irão para um outro lado. Os que decidiram seguir adiante têm duas opções, ou ficar dormindo ou, se forem valentes, se oferecer para ir às escolas (nas naves), conforme já expliquei acima.

Entendo agora que realmente é preciso trabalhar para enfrentar a tarefa maior no “day after...” ou, "depois da imobilização", ou seja, ajudar à humanidade quando ela despertar novamente, porque ao ver o mundo totalmente mudado as pessoas necessitarão apoio para voltar a enfocar-se na nova vida.

Quanto à evacuação por parte do Comando Ashtar, embora faça algum tempo que não se fala nisso, me assombrei ao ver que essa possibilidade continua em plena vigência, conforme se lê na mensagem de Esu através de Candace. Peço a todos que leiam esse relatório porque ali se detalha muito bem como se efetuará esse processo. (NC: publicaremos amanhã)

Como inclusive "o chamado" pode vir durante a noite, recomendo-lhes, se possível não dormir nus, porque serão levados assim como estão. A alguém conhecido lhe aconteceu isto e (não é piada) não foi possível esperar que ela se vestisse. As naves se foram e ela continuou na superfície do planeta.

O que nós temos que fazer é irradiar nossa luz para que possamos chamar a atenção dos outros humanos que nos devam procurar, e logo ir dando informação que sejam capazes de absorver.

Pelo fato de muitos nós ter família e entes queridos, nos preocupamos com eles, especialmente com as crianças. Desejo que saibam que no fundo elas são muito mais avançadas que nós, e quando for o ‘momento chave’, muitas recuperarão instantaneamente sua plena memória e atuarão nos ajudando. Não se espantem.

Os que estão ainda estão em dúvida sobre todos esses acontecimentos futuros devem procurar material para esclarecimento. (existe muito, na Rede da Internet). Eu não posso assegurar que isto realmente se cumpra assim, já que eu recebo e transmito o que os Mestres dizem, nada mais. Mas acredito que cada um tem que usar o tempo que resta para pensar no que realmente quer fazer, já que tampouco posso negar totalmente esta possibilidade. É importante que prestemos atenção a essa “vozinha interior” que temos no coração, já que ela é nossa melhor conselheira.

Sinceramente espero que este breve esclarecimento possa ter ajudado em algo a situação, e estou atenta para publicar qualquer elucidação adicional.

Com amor, Alexiis.



Extraído de http://alexiis-vozdelaluz.blogspot.com/

Colaborador: Blue

2 comentários:

Padma Shanti disse...

Bom dia!
Tem um selinho a sua espera em meu blog.
Namastê.

Ang Lo disse...

Amigão... acompanho sempre seu blog e deixei uma homenagem lá no meu blog para vc!!!
Abração!
http://pensandoprafrente.blogspot.comnte