segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

PURIFICANDO A RAIVA II

PURIFICANDO A RAIVA II



SITE: http://www.ibmorumbi.com.br/loja/index.asp?secao=1&categoria=49&subcategoria=0&id=1300

É bom soltarmos a nossa raiva sim ou não ?

Existem algumas terapeutas que pedem aos seus pacientes para expressarem a sua raiva face aos acontecimentos e pessoas nas suas vidas como forma de libertação.

Hoje existe a confusão mas com tantos Ensinamentos Orientais e Ocidentais, Medicina Tradicional e Holistíca. Então algumas pessoas questionam-se devemos nós suprimir como muitos dizem que o Budha ensinava ou expressar a nossa raiva como alguns terapeutas da Medicina Tradicional ?

Esclarecer que Budha não dizia que devemos suprimir a nossa raiva, ele ia mais longe dizia que a Raiva suprimida apenas ficava oculta em nossos corações, essa supressão cria desequilíbrios ele ensinava o caminho para a dissolução total da raiva dentro de nós.

A necessidade de sermos autênticos e reconhecermos a nossa raiva que ela existe, depois perceber quais as situações em que nos vemos confrontadas com ela, as pessoas que mais facilmente causam isso em nós e qual a razão. Depois reconhecer que ao estar com raiva é diferente de expressar ou canalizá-la. E nunca esquecer que essas situações são em algum ponto um espelho de nós mesmos.

A libertação da nossa raiva tem causas em nós e nos outros nos, ficaremos infelizes ao provocar a infelicidade nos outros além dos desequilíbrios em nós próprios.

Só existe uma forma de eliminarmos a nossa raiva é dissolvê-la até que a deixemos de sentir, através da gratidão e do perdão é que conseguiremos alcançar essa liberdade. So quando vivermos em Amor Incondiocional, em Paz, em Compaixão e Gratidão não causaremos mais hostilidades em terceiros e dificilmente seremos atingidos, e mesmo que assim seja já dispomos das ferramentas necessárias para canalizar esse sentimento automáticamente sem necessidade de voltar atingir ninguém nem mesmo nós próprios.

Muita Paz ,Luz e Amor,

Ana

Um comentário:

MissMothern disse...

Gostei muito dessas palavras, são para mim um meio de livrar-me de minha raiva que por muitas vezes é destruidora. Gostei do caminho mensionado de como avaliar minha raiva e assim poder trabalh´-la.
Valeu mesmo.
Monaliza Moreira