sábado, 22 de agosto de 2009

EINSTEIN EXPLICA O QUE ESTÁ ACONTECENDO

EINSTEIN EXPLICA O QUE ESTÁ ACONTECENDO



Alexiis e Azton, 7 de agosto, 2009

Amados Mestres bom dia, são 9 da manhã, Aztón acaba de chegar com uma forte sensação da presença de vocês, assim, antes mesmo de tomar o café da manhã, conectamo-nos, a ver quem tem que transmitir uma mensagem.....



ALEXIIS: como parece que sempre me toca fazer a abertura dos trabalhos, sou YESHUA, bom dia aos dois. Me alegro que estejam tão preparados para este dia de hoje (o dia 7). Esperemos que tudo se desenvolva tal como o Criador o programou, eu também digo "oxalá" porque trabalhamos muito e muitas vezes demos datas e não as pudemos cumprir, assim que esta vez espero que possamos fazê-lo.

Bom crianças, vocês estão preparados e sabemos que podemos contar com a ajuda de vocês e os respeito e abençôo por isso. Eu agora me retiro, porém acho que virei muitas vezes durante o dia de hoje... Muito bem, acredito que é com Aztón que querem falar...





AZTON: Vem-me à mente o nome “Falcão”....

Estamos aqui outra vez, os FALCÕES, e vamos tentar fazer com que isto saia melhor que a primeira vez que estivemos falando.

É uma breve mensagem nos unindo a esta tarefa que se está realizando e para lhes avisar que se tudo acontecer como também estamos esperando que aconteça, o primeiro contato com vocês vai ser iminente e queremos lhes avisar que nós - os seres-falcões - somos parte desse encontro e que saibam que temos o aspecto de uma ave, embora com braços e pernas. Temos o que vocês poderiam chamar de plumas cobrindo nosso corpo, embora não sejam exatamente plumas, parecem ser, ela é apenas o tipo de pele que nós temos, mas não é para falar da nossa fisionomia que hoje estamos aqui.

Viemos também para alertá-los a que se sustentem na paz principalmente, na harmonia, para que hoje seja o dia de maior consciência que vocês possam sustentar. Sei que este é um esforço grande quando não se está acostumado, mas, por favor, lhes pedimos, mantenham-se no mais alto nível de consciência que possam estar, pois é este dia é muito especial e todos estamos ajudando, ao mesmo tempo em que somos espectadores, porque é tão nova esta decisão do Criador, que todos também estamos na expectativa do como vai acontecer tudo isto.

Nós somos os FALCÕES.





ALEXIIS: Eu, Alexiis, como a deusa Luz que sou, lanço um pedido ao universo: há algum dos grandes cientistas ou técnicos que possa vir a nos transmitir minimamente uma idéia de como poderíamos compreender o que dizem que está acontecendo - que nos "tiraram" da Terra e que depois "vão nos trazer de volta"?.

Tomara que haja alguém que, digo minimamente, possa-nos fazer entender isto? Desde já, infinitos “obrigados", em nome da humanidade.

AZTON (ou, através de Aztón) Ai Alexiis, Alexiis, você e seus pedidos.. Aqui estou e vou tratar de lhe dar uma explicação sobre o que acaba de pedir. Como vê, seu chamado ao universo se escutou até nos mais longínquos rincões, mas antes que nada vou apresentar-me. Eu sou Albert, bom, Albert para vocês que me conhecem bem, mas para aqueles que não sabem, em minha última encarnação na Terra fui conhecido como Einstein.


Bom, eu também estive muito envolvido com essa coisa da relatividade - aquilo que aparentemente é de uma forma e logo no fundo é de outra, e ambas podem ser válidas também.

Poder explicar isto que os Mestres falaram vai levar um pouco de tempo e vou procurar fazer isso da maneira mais fácil de compreender. Para isso é preciso começar a partir da base de tudo, que são os corpos de vocês, os objetos, a própria Terra em que habitam - isso tudo é o que se conhece como um holograma.

Poderíamos dizer que um holograma é como um filme ou uma projeção onde, aparentemente, aquilo que se está vendo, percebendo com os sentidos do corpo, é real, mas não o é. É igual a estar sentado em uma poltrona de cinema, vendo um filme, só que neste caso de vocês, o filme acontece ao nosso redor e não na tela à frente. E mais, Alexiis, para complicar mais as coisas..., vou lhe dizer que tudo isto, em realidade acontece dentro de cada um de vocês - não está acontecendo fora.

Você o pediu, aqui está a resposta.

Assim é que tudo o que vocês vêem fora, (vocês dois estão sentados nesta sala e olhando para fora da janela estão vendo um monte de coisas, concordam?). Bom, isso que vêm aí fora, Alexiis, e que lhe parece que estão "lá" fora, está tudo dentro. Nada, nada, nada do que vocês percebem com seus sentidos (os cinco sentidos) está lá fora, tudo isso está dentro e é uma criação de vocês individualmente e coletivamente.

Por isso é possível tudo isto que está acontecendo agora.

A ver, continuemos com a idéia central. Bem, o que se passa é que tenho que ordenar as idéias para poder expor de uma maneira mais fácil de entender.

Cada um de vocês quando decide vir à Terra se dispõe a fazer parte do holograma, a ser um ator ou uma atriz desse holograma, desse drama, dessa situação que se vai viver, porque cada um de vocês (pois cada um de vocês "já é em si mesmo"), não precisa 'resolver', nem 'ser melhor', nem 'alcançar' nada, porque já são.

O jogo - porque tudo isto se trata de um jogo (muito dramático por sinal) que todos nós o temos jogado ao longo dos milênios -, o jogo está em vir participar desse filme e desempenhar certos papéis. Ao atuar nesses papéis ficamos tão envolvidos - apegados a esse papel que acreditamos ‘ser’ esse personagem. Mas, como tudo se trata de uma projeção, de um holograma como lhes estava comentando, cada um de vocês sustenta a parte do holograma que cria em si mesmo, que é o criador disso, ou é o CO-criador dessa realidade que vive. Ao mesmo tempo integra a totalidade da consciência humana e nessa totalidade está depositado o desempenho que os atores anteriores foram criando e o que vocês, como atores atuais, sustentam deste antigo desempenho e mais o novo que lhe adicionam.

Por que estamos dizendo tudo isso? Para que entendam o que foi feito: tivemos que deslocar vocês do "espaço-tempo" que conhecem - o que foi bastante complicado - e usamos essa força CO-criadora de vocês para sustentar essa suposta realidade em que vivem. O que fizemos foi um 'desdobramento', entendem?

O planeta em si mesmo está passando por mudanças gigantescas, inimagináveis, e, entretanto vocês não percebem nada, seguem sua vida cotidiana, sai o sol, com essas nuvens laranja e vermelhas, a lua cheia está no céu, ocultando-se pelo oeste, cada um está indo ao seu trabalho, com seus problemas diários, como um dia a mais. E é certo, porque cada um de vocês está sustentando esse holograma como parte dessa realidade.

Enquanto isso o resto, desde o Criador até todos os cientistas e técnicos de distintas partes deste Universo e de distintas nações estelares, estamos trabalhando junto com GAIA, para que a Terra receba toda a purificação e cura e que realize as mudanças que deve realizar para poder ascender.

O grande problema é o que vem agora, porque como isto se trata de duas realidades, vocês também criaram o tempo e o espaço, (dentro de vocês não existe isto), por isso a relatividade. Essa característica é a que fica e nos valemos disso. Vocês estão mantendo uma realidade (onde parece que nada está acontecendo), mas há um outro "espaço-tempo" (poderíamos assim dizer para que seja mais fácil de entender), que é onde a Terra neste momento está desenvolvendo todo tipo de mudanças.

Mas há uma relação entre esses dois pontos. Por isso esses pedidos para que permaneçam tranqüilos, em paz e harmonia, com amor e quietude, pois essas energias que são as que mais se aproximam da essência do ser que alguém é, isso é absolutamente verdadeiro e essa é a energia que sustenta a ancoragem desta Terra que está passando pelas mudanças necessárias.

O que isto quer dizer? Que o que vocês estão vivendo hoje, como o mais normal e cotidiano dos dias, como se nada estivesse acontecendo no planeta, é uma CO-criação feita por todos vocês. Ao mesmo tempo, os trabalhadores da luz e os de vanguarda, que estão ancorados em um lugar de paz, estão sustentando os “fios” que os conectam com a Terra que está mudando. Por meio desses fios energéticos nós vamos 'transportar' todo esse holograma que vocês criaram, e sobrepô-lo sobre a Terra nova que se está co-criando: algo similar a como montar um filme em cima do outro, para logo fundir as duas partes em uma só.

O grande trabalho será o posterior a isso. Está bem, neste momento há grandes mudanças que se estão fazendo na Terra, mas amanhã, quando já estiver a Nova Terra, o cenário e a cenografia da criação de vocês não vão ser o mesmo. É como se em uma peça de teatro se tirassem o cenário de fundo e lhe colocassem um novo: tudo é diferente, e aí é onde haverá necessidade de trabalhar muitíssimo com tantas e tantas pessoas que até esse instante não tinham nem idéia disto - o que vai levar vocês a ter que fazer todo esse trabalho.

Não sei Alexiis, se conseguiu compreender esta explicação. Se tiver alguma dúvida, verei se sou capaz de resolver essa pergunta.

Alexiis: Não Albert, obrigado. Mais ou menos posso ter uma idéia. Não estou tecnicamente suficientemente evoluída para entender tudo isso do holograma. Sempre briguei com isso e me é muito difícil imaginá-lo, mas sei que esta explicação vai servir a muitos, porque não sou a única que se pergunta 'como é que pode ser isto', por isso me animei a lançar o pedido ao universo. Pensava em ti, mas não estava segura se você o podia responder a isto. Agradeço-te profundamente em meu nome e no de toda a humanidade.

Aztón: Albert: Obrigado Alexiis. Quem sabe um detalhe a mais que talvez possa ajudar.

Um holograma é similar a um filme, só que em vez de estar em um plano, produz-se em profundidade, como se a gente estivesse metido em algo que tenha profundidade, que possua distintos níveis que faz que algo esteja diante, algo atrás, algo mais acima, ou mais abaixo, diferente de um filme comum, que vemos sendo passado numa tela plana.

Atualmente há uns filmes que se fazem em 3D, e às pessoas lhe dão óculos especiais que lhes permitem ver e supor que o filme não acontece sobre uma tela, mas sim ao seu redor. É uma ilusão, porque em realidade se está projetando sobre um fundo fixo e plano, mas a gente, com as lentes especiais, acredita - porque enxerga assim - que 'realmente' os personagens estão saindo da tela e estão ao seu redor, provocando uma sensação de que vocês fazem parte do filme.

Um holograma é isso: uma pessoa tem ao seu redor uma suposta realidade da qual acredita fazer parte dela porque a vê como estando fora de si mesmo. Não vou entrar no detalhe de que tudo isto acontece dentro de vocês, porque é muito difícil e compreendo que é assim, mas saibam-no: tudo isso não está acontecendo fora de vocês, e sim dentro de vocês. Toda essa explicação somente porque ainda não recordam a divindade que são, e desde esse lugar estão criando, e que tudo isso acontece dentro de si.

Então, o holograma é uma projeção que em conjunto, toda a humanidade concordou em projetar e sustentar. Como se tivéssemos esses lentes de 3D que faz que tudo o que estamos vendo nessa tela dela saia e esteja ao nosso redor, por isso parece que quando estiram a mão vão poder tocar isso que estão aí olhando. Na realidade se encontram sobre um plano, mas vocês acreditam, pela ilusão gerada por essas lentes, que estão vivendo uma “realidade” e que tudo isso está produzindo-se fora e ao redor de vocês.

Não sei se isso ajuda a que compreendam um pouco melhor.

Alexiis: Sim. Muito obrigado, Albert. Tudo isto me recorda quando estive na Disneylândia e fomos ver um filme em 3D. É como você explica. Lembro-me que tinha que ver com correntes de água com botes, salpicos de água, alguém se encolhia porque acreditava que ia se molhar; era tão real, a gente estava tão metido no filme, que inclusive ao virar o bote, agachei-me para não afundar. Assim, agora finalmente entendo o que é um holograma. Muito obrigado.

Aztón: Albert: Bem, Alexiis. Essa explicação que acabo de dar, é sobre o que está se passando. É tão real o que estão vendo e sentindo, que obviamente o que acontece é o que acreditam que é verdade. O holograma é como você sentiu ao se agachar quando o bote virou...

Isto é exatamente igual, o famoso holograma. Tudo o que estão vivendo é um holograma.

Por isso é que viemos tantas vezes dizendo que isto é 'maya', não é real, é um jogo. Quando se termina o filme e desliga-se o projetor, vocês tiram os óculos especiais e estão em outra realidade; isto seria exatamente o que está acontecendo.

Alexiis: Obrigado Albert pela explicação, obrigado.

Aztón: Albert: Bom, para mim foi um prazer estar aqui, com vocês.. Quero saudar todos os que me estão escutando, que estão lendo isto: estejam em paz, é tudo o que estamos necessitando de vocês; estejam em paz.

Eu sou Albert, e nos encontramos a qualquer momento.



http://alexiis-vozdelaluz.blogspot.com



colaborador: É Tranger.

Nota: esta foi a primeira mensagem de uma série sobre o “após” do evento. Assim que for possível publicaremos as demais. A qualquer momento. Lembramos para que relevem falhas de tradução.

3 comentários:

imaginando o Futuro que nao existe ! disse...

EU LI OQ PUD BMRAPIDO PORQ TENHO Q SAIR DA NET AGORA MAS ... ISSO VEM M ACONTECENDO DESD A MINHA INFANCIA E PAREC Q ENCOPNTREI PESSOAS Q PENSAM IGUAL A MIN SERA Q ESTOU SONHANDO O UNIVERSO ATENDEU MEUS PENSAMENTOS...

HanKarrA disse...

RSSS!!!

ACREDITO BEM K ELE TE OUVIU,...
POIS ACONTECEU COMIGO IGUAL, E NOS ULTIMOS TEMPOS MUITOS IGUAIS A MIM ESTÃO CHEGANDO EM MEU CAMINHO.

OBRIGADA POR EXISTIRES,
NAMASTÊ
HANKARRA

natalia disse...

ô que coisa será mesmo ou é só baboseira em?